segunda-feira, outubro 03, 2016

Carta Aberta Ao Senhor Presidente Da Câmara Municipal de Loulé

Carta aberta ao Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé,
Dr. Vítor Aleixo
 
Caro Dr. Vítor Aleixo,

Acabei de vir do serviço de urgência do Centro de Saúde de Loulé. Um dos meus filhos tem fortes dores de cabeça, forte especturação, dificuldades em respirar e portanto, imagino que esteja com um senhora gripe. Ao chegar ao atendimento do Centro de Saúde a primeira coisa que a funcionária de serviço me informou é que as consultas estavam atrasadas e que teria que esperar à volta de 7h (sete horas) porque só havia um médico de serviço. Poucos minutos depois entrei para a triagem e desta vez foi uma enfermeira que atenciosamente me informou "eu nem sei como lhe dizer isto mas o tempo de espera andará à volta de 7 (sete) a 8 (oito) horas". Que me informassem que o tempo de espera andava à volta de duas a três horas eu ia-me sentar no lugar da espera e aguardar serenamente a minha vez (o nível de tolerância e de sofrimento já vai alto). Agora 7 a 8 horas de espera lamento mas tenho que o informar desta situação. Aliás, foram os próprios profissionais que me confessaram que não é uma situação excepcional mas recorrente nos últimos tempos e quase que imploraram por ajuda.. Esta situação entristece-me porque se a população saiu massivamente para a rua em Loulé para evitar o encerramento do serviço de urgências básicas de Loulé no tempo do Dr. Passos Coelho, os seus amigos da geringonça conseguem atingir o mesmo objectivo degradando os serviços pelo consentimento de um funcionamento de péssima qualidade. Neste momento o meu filho veio para casa onde está deitado à espera que passem as tais 7 (sete) horas para voltar depois para o Centro de Saúde. Vamos a ver se ainda vai a tempo da consulta. Parece que a partir das 20 horas se está à espera que já lá estejam dois médicos. Eu se fosse a si ia escutar as pessoas que trabalham no Centro de Saúde Senhor Presidente.
Com os melhores cumprimentos
João Eduardo Martins

Sem comentários:

Enviar um comentário