sexta-feira, fevereiro 27, 2015

O Princípio Do Fim Do Partido "Socialista"

"Depois disto, eu só desejo que António Costa vá para o raio que o parta, mais a canalha de direita que tomou conta do PS. Por mim, vou-me embora deste partido que ajudei a fundar, e é já!"
 
Uma carta que vai entrar para os anais da História. Ao melhor estilo de Eça de Queiroz.

Sobre O Abandono Das Populações Por Parte Do PS

Pacheco Pereira para Jorge Coelho na Quadratura do Círculo "eu não percebo do porquê do PS ter deixado de apoiar as manifestações". Resposta de Jorge Coelho "Manifestações? Isso era em 1974/75". "Você está desfasado no tempo".

quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Última Hora

António Costa quer uma coligação de governo alargada que permita a estabilidade governativa, integrando esse governo Paulo Portas, Pedro Passos Coelho, Rui Tavares, Catarina Martins, Marinho Pinto, Jerónimo Sousa, Raquel Varela e Garcia Pereira. Costa diz que é a única maneira de Portugal assegurar o pagamento da dívida aos credores. Costa anunciou também que a Presidência da República deve ser repartida pelo "arco da governação" com uma Presidência partilhada entre Marcelo Rebelo de Sousa, António Vitorino e José Sócrates (logo que o PS conquiste o poder). Cavaco Silva já deu o seu aval com a condição de que o Convento para onde vai viver esteja sob a proteção das Forças Armadas Portuguesas. Contactada a Câmara Municipal de Loulé sobre o assunto, o Dr. Vítor Aleixo disse que não podia estar mais de acordo porque o pior da crise já passou e agora é tempo de substituir a luta de classes pela administração da coisa pública. O tempo é de consensos porque as manifestações de rua não se traduzem em bons resultados eleitorais.

O Homem Com Qualidades

António Costa já demonstrou deter uma qualidade fundamental para se ser Primeiro-Ministro nos tempos que correm, ser aldrabão.
 
Um verdadeiro homem de Estado este António Costa:

O Bloco Central Dos Aldrabões

Entre a submissão de Passos Coelho à Europa Alemã e o Portugal que melhorou ao longo destes quatro anos de António Costa venha o diabo e escolha. Eu, pelo meu lado, estou farto de aldrabões. Passem bem.

quarta-feira, fevereiro 25, 2015

Um Perfeito Idiota?

As afirmações de António Costa de que isto melhorou nestes últimos quatro anos permite dar razão ao Governo PSD/CDS de que afinal não só o país está melhor mas também os portugueses melhoraram as suas vidas. Estas tristes declarações de António Costa só confirmam as minhas impressões subjectivas (que valem o que valem) de que o actual líder do PS e uma boa parte do seu partido não se apercebeu da catástrofe que se abateu sobre Portugal e da vida de boa parte dos portugueses e apenas e só lhe interessa saber dos cidadãos enquanto eleitores. O governo actual é um governo de destruição total dos bens públicos mas com uma oposição socialista desta qualidade não há renascimento da esperança que resista. Era bom que as esquerdas à esquerda do PS começassem seriamente a falar entre si se não quisermos estender a catástrofe económica, política e moral, por mais uns bons e longos anos.

http://expresso.sapo.pt/a-frase-de-costa-que-a-direita-aplaude-portugal-esta-melhor-que-ha-quatro-anos=f912386

terça-feira, fevereiro 24, 2015

Conselho Nacional De Educação Reprova Nuno Crato

O Conselho Nacional de Educação acaba de reprovar Nuno Crato. A política seguida nos últimos anos foi uma catástrofe para o sistema educativo. Se David Justino atribui uma responsabilidade à "cultura da retenção", o que é facto é que essa "cultura da retenção" não pode servir como mecanismo desresponsabilizante das políticas de Nuno Crato uma vez que as reprovações dispararam desde 2011 em resultado da sua política. Como pai de uma criança que está no quarto ano, eu sei bem, por vê-la sofrer na pele, a catástrofe lançada sobre o sistema educativo por este governo. As duas professoras do meu filho tiveram que pôr baixa por não terem aguentado a pressão do absurdo pedagógico gerado por Nuno Crato. Os resultados agora avançados pelo Conselho Nacional de Educação só vêm confirmar o desastre. A apatia dos pais,  o seguidismo interessado dos directores de escola, o medo dos professores, a inercia dos sindicatos e a ignorância dos autarcas, fez o resto. Vale a pena ler com atenção esta notícia em baixo do DN.
 

segunda-feira, fevereiro 23, 2015

Vistos Gold Na Ciência E Na Cultura

O combate à corrupção vistos Gold deu resultado em Portugal. Agora já há vistos Gold na ciência e na cultura. Digam lá que não é um verdadeiro progresso civilizacional. As elites nacionais sempre na crista da onda.

domingo, fevereiro 22, 2015

Socialismo, Nos Temos Que Correm

Reuniram-se esta semana os partidos socialistas da Europa para "afinar" uma estratégia contra a austeridade na Europa. Um dos protagonistas centrais a assumir a palavra foi Manuel Valls, Primeiro-Ministro Francês que esta mesma semana fez aprovar um brutal pacote de austeridade em França, a chamada lei Macron, nome do ministro da economia francês, aprovação esta à revelia do parlamento, invocando Manuel Valls um artigo da constituição de modo a evitar que as medidas austeritárias fossem travadas pelo parlamento. É isto o "socialismo" dos tempos de hoje. Façam-nos já rapidamente um favor a todos nós. Mudem já o nome ao partido. Estamos fartos de ser enganados.
 
Para ler e tentar não vomitar, aqui:

O Colaboracionismo Faz-se De Muitas Maneiras


Esta imagem é desta semana que passou. Os media ocultaram-na deliberadamente. O protesto foi em Faro e os manifestantes são moradores que vão ser desalojados pelo Governo sem que lhes tenha sequer sido encontrada qualquer alternativa de habitação. A posse do Ministro face à manifestante que protesta na foto diz tudo sobre a arrogância de um governo que se o deixarem vai continuar a destruir Portugal. Não, não se pode respeitar gente desta. Tristes daqueles que ainda não perceberam isso e que se vergam pela disputa de meia dúzia de tostões.

sábado, fevereiro 21, 2015

A Minha Austeridade É Melhor Do Que A Tua

Os "socialistas" da europa reuniram-se hoje em Espanha para discutir alternativas à austeridade. António Costa criticou Passos Coelho pela austeridade excessiva mas não abriu a boca em relação ao brutal pacote de austeridade aprovado pelo governo "socialista" francês esta semana à revelia do parlamento francês. Repare-se que esteve reunido com Manuel Valls e nem uma palavra sobre a austeridade francesa. A única conclusão a retirar disto é que a austeridade socialista francesa é melhor que a grega.

Um SNS Dirigido Aos Pobres É Óbvio Que Não É Grande Ideia

Vocês não imaginam a quantidade de portugueses tolos que me dizem que não se importam que fechem os serviços de saúde públicos porque vão ao privado. Sim, são pessoas sem grandes posses mas que fazem desta afirmação os seus pequenos sinais de distinção social. É muito óbvio, não se misturam com os pobres, ou melhor, em muitas situações, com os outros pobres. É por isso também que um SNS dirigido sobretudo aos pobres cai na mais completa degradação.

Só Faz Falta Quem Está Na Luta

A vitória do Syriza na Grécia entre outras chatices, uma das maiores o facto de ter contribuído em Portugal para fazer mais oposição a Passos Coelho que a oposição portuguesa toda junta, teve a enorme chatice de demonstrar que os tipos do Bloco de Esquerda sempre tiveram razão nas suas posições (tiro a saída do euro desta equação). É verdade que os tipos se entreteram também num exercício de autofagia que não os beneficiou em nada. É verdade, mas também é verdade que os que saíram porque queriam rapidamente ser governo com o partido "socialista" são aqueles que verdadeiramente não fazem grande falta.

sexta-feira, fevereiro 20, 2015

Louletano Desportos Clube, Escalão 2004: Parece Que O Clube Já Tem Donos

Louletano 2004. Crianças de 10 anos. Desde o início da época que a equipa técnica aparentemente com o acordo da direcção da equipa e aparentemente com o acordo da direcção do futebol juvenil separam os miúdos "bons" dos miúdos "maus", nos treinos. Já escrevi uma carta à direcção do clube a dizer que nestas idades (os miúdos nem sequer são ainda infantis) esta divisão não é aceitável. Repare-se que não discuto nem me meto no assunto se o miúdo é convocado ou não ou se joga, ou não. Isso são decisões do estrito foro do treinador. Nos treinos segregar as crianças desta forma é grave. Um dos papas disse-me hoje face à minha discordância, que no louletano há cinco anos que é assim (o que não corresponde à verdade pois nos últimos dois anos vi eu que não foi assim)  e que sempre foi assim e portanto tenho que me contentar em ser assim. Agrava a situação quando a equipa dos "bons" (e que são de facto, os miúdos com melhor capacidade neste momento) é composta em boa parte pelos filhos de directores e de treinadores do clube. Aparentemente, os pais não vêem problema nenhum nisto. Loulé até é a cidade europeia do desporto. Não sei o que é que o senhor vereador do desporto da Câmara Municipal de Loulé, o Dr. Hugo Nunes, dirá disto. Mas eu andar a pagar impostos e a câmara a financiar o clube para isto, não deixa de ser triste.

Conto Para Crianças

Primeiro expulsaram o Syriza do Euro. E tu não quiseste saber.
Depois expulsaram o Podemos do Euro. E tu achaste que não era nada contigo.
A seguir expulsaram Marine Le Pen da União Europeia. E tu bateste palmas.
Depois expulsaram o Sin Fein da UE. E tu sabes que não és irlandês, achaste bem.
Veio depois a expulsão da Itália. E tu foste indiferente, nada sabes da cultura romana....

Depois expulsaram-te a ti, português, do Euro. E tu como é habitual, nem sequer reagiste.
Depois a Alemanha expulsou-se a si própria do Euro. E tu, perdido, ficaste sem saber, a quem irias, agora, obedecer.


Autoria: João Martins

quinta-feira, fevereiro 19, 2015

O Que Andaste Tu A Fazer Daniel?

Para quem queria partilhar o poder com o PS, andou a atacar a esquerda do "protesto", deu um impulso forte à divisão e à fragmentação da esquerda, não está mau. O que andaste tu a fazer Daniel?
 

quarta-feira, fevereiro 18, 2015

Demónios À Solta Um Pouco Por Toda A Europa

Vai uma enorme confusão no reino da política, dos media e dos economistas convencionais quando acham e defendem de forma acrítica e acéfala que a um determinado empréstimo, qualquer que ele seja, deve estar associado a obrigatoriedade de um programa político austeritário. A única exigência de um empréstimo qualquer que ele seja é a devolução do dinheiro emprestado. Já o mesmo não digo da dívida que antes de ser paga deveria ter associada a si a obrigatoriedade de uma auditoria pública para se saber o que se está a pagar e o que não se deve de todo pagar. A ditadura na União Europeia imposta pelos alemães e secundada pela maior parte dos Estados membros não augura bom futuro para a Europa. Os demónios já andam à solta.

Austeridade Socialista Em França, Por Decreto, À Revelia Do Parlamento

Agora já só falta mudar o nome ao partido. Pode ser por decreto também.
 

O Bom Aluno Da Senhora Merkel E Do Senhor Schäuble

Empobrecimento geral dos portugueses. Brutal diminuição do poder de compra. Aumento da pobreza e das desigualdades sociais, serviços de saúde num caos, serviços públicos de educação à míngua, miséria social a alastrar, desconfiança nas instituições políticas e outras, uma sociedade dividida e anómica. Portugal é a prova que a austeridade resultou. O Dr. Passos Coelho e o Dr. Cavaco Silva são uns incompreendidos.
 

terça-feira, fevereiro 17, 2015

Um Silêncio Ensurdecedor

O silêncio do Partido Socialista português sobre as ameaças à Grécia por parte do Eurogrupo é ensurdecedor.

Crime De Traição À Pátria

É tempo de ir pensando também numa estratégia que leve Cavaco Silva e Passos Coelho a serem julgados por traição à pátria por terem confundido deliberadamente a democracia com o governo dos credores internacionais.

segunda-feira, fevereiro 16, 2015

É Oficial, A Europa É Uma Ditadura Fascista

Está na hora de fazer a luta toda porque a partir de agora a luta já é contra a ditadura e o fascismo que está de regresso na Europa, de novo, pela mão dos alemães.
 

Solidariedade Portuguesa Com A Grécia


E desta vez os parasitas do PS não andaram por ali colados, o que só faz bem à sanidade mental. O movimento de solidariedade é mais genuíno. Já chateia tanto oportunista e oportunismo.

domingo, fevereiro 15, 2015

15 de Fevereiro, O Algarve Saiu À Rua Solidário Com O Povo E O Governo Grego


MOÇÃO
Saudação ao povo grego

Os resultados das eleições legislativas do passado dia 25 de Janeiro na Grécia, para além de escolhas políticas internas que são matéria da exclusiva responsabilidade do seu povo soberano, tiveram ampla repercussão internacional, em particular na Europa. Os eleitores gregos e as eleitoras gregas repudiaram nas urnas as pressões para condicionar as suas escolhas democráticas à vontade dos agiotas internacionais, da Troika e dos responsáveis europeus por cinco anos de austeridade, que conduziram o país ao desastre económico, social e humanitário.Fica demonstrado que existem alternativas políticas à austeridade em doses mais ou menos duras. Na Grécia, como em Portugal, a austeridade gerou uma espiral recessiva, o aumento do desemprego e da própria dívida, por mais que seja maquilhada pela contabilidade criativa dos governos, das entidades reguladoras e agências de rating – as mesmas que encobriram até ao limite as bolhas financeiras e a falência de bancos como o Lehman Brothers, o BPN e o grupo BES/GES.  As primeiras medidas anti-austeridade do novo governo grego – fim das privatizações e despedimentos na administração pública, reposição do salário mínimo anterior à entrada da Troika – e as propostas de renegociação das dívidas soberanas vão no bom sentido, ao apontarem um novo rumo para a Europa. O governo PSD/CDS insiste numa pose servil, “mais merkelista que a senhora Merkel” que envergonha Portugal e prejudica a própria recuperação económica europeia, em particular nos países do Sul; ao mesmo tempo que, de forma oportunista, antecipa o possível recuo dos seus tutores para salvaguardar os louros de uma eventual renegociação da dívida que sempre recusou. Assim, os cidadãos em manifestação em Portimão, no Largo 1º de maio, no dia 15 de fevereiro de 2015 decidem:
1. Saudar o povo grego que, numa situação económica e social dramática, deu mais uma bela lição de dignidade e democracia à Europa e ao mundo;
2. Saudar as medidas anti-austeridade adotadas pelo governo grego e apoiar a exigência de renegociação das dívidas soberanas a nível europeu;
3. Repudiar o servilismo do governo português face aos poderosos da Europa, exigindo uma nova atitude digna de um povo soberano com mais de oito séculos de História.
4. Enviar esta Moção ao 1º Ministro, ao Presidente da República, à Presidente da Assembleia da República, aos Grupos Parlamentares, à Embaixada da Grécia em Lisboa e divulgá-la pela comunicação social.

 
Os cidadãos presentes em Portimão, em manifestação de solidariedade com a Grécia e o povo grego

A Nossa Luta É Internacional, Junta-te!




sábado, fevereiro 14, 2015

O Movimento Algarve Livre De Petróleo Saiu De Novo À Rua, E Não Se Irá Calar


O Movimento Algarve Livre De Petróleo esteve hoje presente numa iniciativa levada a cabo pela Glocal Faro aderindo ao Dia Mundial de Desinvestimento em Combustíveis Fósseis. Cidades e organizações de todo o mundo já aderiram a esta iniciativa no sentido de se canalizarem os investimentos e as energias para meios limpos e alternativos. O Algarve está a rumar em sentido contrário ao desenvolvimento sustentável uma vez que está anunciado ainda para este ano a exploração de petróleo e gás natural nas águas do mar do Algarve. Será esse um bom caminho?

Deputado Ladrão, No Carnaval de Loulé, Não!

Hoje fui ao Carnaval de Loulé. Em cima do carro do prisioneiro 44 ia o deputado do PSD Burro Inácio. Quando lhe chamei gatuno cá de baixo da zona do povo, escondeu-se e fugiu. Gostei muito de ir ao carnaval de Loulé.

sexta-feira, fevereiro 13, 2015

Há Um Algarve Solidário Com O Povo Grego, Aparece!

 
Dia 15 de Fevereiro, pelas 15h30mn, cidadãos do Algarve vão concentrar-se em frente à Câmara Municipal de Portimão em solidariedade com a democracia Grega. Não aceitamos a política da chantagem e do medo impostas pela Europa Alemã e pela Troika da Austeridade. Porque achamos que o Governo Grego tem razão quando pretende defender a democracia na Europa e os povos europeus. Porque sabemos que em política há sempre alternativas. Porque rejeitamos a política de desastre da direita radical que nos Governa que anula a soberania de Portugal em nome do colaboracionismo mais rasteiro. Porque defendemos uma Europa dos Povos apelamos: Anti-Austeritários de todo o mundo, uni-vos! Está na hora da mudança! Tragam bandeiras da Grécia!
 

Domingo, 15 de Fevereiro, Portimão Solidário Com O Povo Grego

Exmº Senhora
Presidente da Câmara Municipal
de Portimão
Assunto: Concentração em Portimão dia 15 de fevereiro
Para os fins julgados convenientes, comunica-se que um grupo de cidadãos, à semelhança de outras localidades do país, vai promover uma concentração de solidariedade com a Grécia e o povo grego, no respeito pela democracia e contra a chantagem de Merkel, da Alemanha, e de outras instituições que persistem em continuar e até a agravar a austeridade que, como se sabe, falhou completamente. A referida concentração de solidariedade terá lugar no próximo dia 15 de fevereiro, a partir das 15.30 horas, frente à Câmara Municipal de Portimão.
 
Desde já se agradece a atenção dispensada e apresentamos os nossos cumprimentos.
O grupo de cidadãos

A Dignidade Não Está Cotada Nos Mercados, Devia Estar



11 de Fevereiro de 2015. O Povo Grego canta nas ruas.

Breve Nota Sobre O Regresso Das Ditaduras Na Europa

Então vamos lá recapitular. O povo grego foi a votos. Ganhou um governo de esquerda legitimado pelo voto popular. A Europa, o FMI e o Banco Central Europeu não aceitam os resultados e o programa político democraticamente legitimados pela democracia. Cavaco Silva e Passos Coelho, por seu lado, já deviam estar a ser julgados por traição à pátria. Aguardemos o desfecho e saiamos à rua em solidariedade com o povo e o governo grego. Sempre que um homem sonha o mundo pula e avança como bola colorida entre as mãos de uma criança. Haja esperança de que o fascismo financeiro não vença o que sobra da ideia de democracia.

quarta-feira, fevereiro 11, 2015

Anti-Austeritários De Todo O Mundo, Uni-vos!

Já são mais de 60 cidades por todo o mundo. Portimão já está no mapa da solidariedade internacional com os Gregos. Faro já avançou também. Vamos fazer crescer a onda de apoio à democracia grega.
 

segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Dia Mundial Pelo Desinvestimento Nos Combustíveis Fósseis

Sábado de manhã estarei em Faro com a faixa do Movimento Algarve Livre de Petróleo. Mais uma vez os políticos do Algarve traíram os cidadãos algarvios uma vez que está previsto avançar para a exploração de petróleo no mar do Algarve em 2015, à revelia dos cidadãos. O Algarve partidário tresanda a corrupção por todos os lados.
 

O Costa Dos Múrmurios

Aqui há umas semanas, o PS anunciou a criação de um "gabinete de estudos", como eles lhe chamam, com a tarefa de explicar às pessoas "a diferença entre as propostas do PS e a governação do PSD e CDS". Eu ainda sou do tempo em que não havia necessidade de explicar diferenças, mas hoje em dia já não é assim. De tal forma que uma pessoa se pergunta se o "gabinete de estudos" vai ter algum êxito na sua missão. Isto porque António Costa, pouco depois, deu uma entrevista ao jornal Público, no fim da qual uma pessoa desespera para achar as tais diferenças. Enfim, algumas há: por exemplo, Costa é contra a "austeridade", coisa que, patentemente, o Governo não é. Mas quando se lhe pergunta como quer fazer uma política sem "austeridade", ele responde com enorme clareza que "depende de muitas variáveis". Também há diferenças no nível da conversa: enquanto Passos Coelho não passa muito de um moralismo de 4ª classe, do género "temos de pagar o que devemos porque senão não somos sérios", Costa lança-se em elaboradas explicações sobre a prodigiosa trapalhada em que se transformou a política europeia. A trapalhada pode ser prodigiosa, mas Costa mostra um não menos prodigioso adestramento na compreensão das "muitas variáveis" justificando as atitudes da Grécia e da Alemanha. Até parece um intelectual. Não sei se terá grande sorte, já que toda a gente sabe o que acontece aos intelectuais na política. No final, sobra o pedido de "solidariedade" europeia, ou seja, o reconhecimento da impotência perante a Europa, que Portugal não controla e não influencia. É este mesmo Costa cheio de molezas e complexidades que outrora concorreu contra António José Seguro porque Seguro não sabia distinguir-se do Governo. Pois, mas é curioso como, ainda assim, nesse tempo era mais fácil reconhecer as diferenças. Talvez seja por isto que, depois de explodir logo a seguir à vitória de Costa, o PS regressou, na última sondagem disponível, aos valores do tempo de Seguro. Que não haja dúvidas: Costa não faz isto por inépcia, mas por estratégia. Acha que é assim que conquista um vasto eleitorado, do PSD à extrema-esquerda. Pois. Os lisboetas que se cuidem: se calhar ainda vão ter de ficar com ele como presidente da câmara até ao fim.
 

domingo, fevereiro 08, 2015

Portimão, 15 De Fevereiro, Em Solidariedade Com O Povo Grego, Contra A Europa Alemã, Em Defesa Da Democracia Na Europa

Dia 15 de Fevereiro, pelas 14h30mn, cidadãos do Algarve vão concentrar-se em Portimão, em solidariedade com a democracia Grega. Não aceitamos a política da chantagem e do medo impostas pela Europa Alemã e pela Troika da Austeridade. Porque achamos que o Governo Grego tem razão quando pretende defender a democracia na Europa e os povos europeus. Porque sabemos que em política há sempre alternativas. Porque rejeitamos a política de desastre da direita radical que nos Governa que anula a soberania de Portugal em nome do colaboracionismo mais rasteiro. Porque defendemos uma Europa dos Povos apelamos: Anti-Austeritários de todo o mundo, uni-vos! Está na hora da mudança! Tragam bandeiras da Grécia!
 

Políticos Corruptos Do Algarve Destroem A Região

Os políticos corruptos que temos no Algarve destroem tudo. O Algarve está a saldo. Petróleo a 30 Kilómetros das praias. Vou começar a tirar férias no Alentejo. Tresanda a corrupção a vida política algarvia.
 

sábado, fevereiro 07, 2015

7 de Fevereiro, a Luta Contra as Portagens Saiu À Rua No Algarve


Portugueses e Espanhóis juntos na luta contra as portagens hoje, Sábado, 7 de Fevereiro na Ponte do Guadiana. Podemos, Esquerda Unida, e Partido Popular de Ayamonte, Bloco de Esquerda, Comissão de Utentes da Via do Infante, dirigentes do Partido Socialista do Algarve, membros do motoclube de Faro e cidadãos de Portugal e Espanha estiveram hoje juntos a exigir o fim das portagens na Via do Infante. Marcaram presença também as bandeiras de Espanha e da Grécia. A nossa luta contra as Portagens e contra a austeridade é internacional. Não desistiremos da luta até que se ponha fim às portagens no Algarve. Espera-se um verão quente no Algarve. Junta-te à luta. Cinquenta carros em cima da ponte do Guadiana segundo o Correio da Manhã. Cem carros segundo o jornal "A Bola".

segunda-feira, fevereiro 02, 2015

O Pobre Do Costa Está Desorientado

Uns dias não quer hostilizar a direita rançosa em prole de uma possível aliança ao centro. Outros dias o Syriza é sinal de mudança. No dia a seguir não é PASOK nem Syriza e agora quer uma trégua entre os partidos da "esquerda". O pobre do Costa está desorientado. Não percebe que sem enfrentar o problema da dívida e romper com o Tratado Orçamental ninguém lhe vai dar crédito a não ser a trupe dos fiéis. Temos pena.
 

domingo, fevereiro 01, 2015

A Pergunta Que Se Impõe

Já vai sendo mais que tempo de fazer a pergunta que se impõe: - Afinal, porque raio apeou António Costa da liderança do PS António José Seguro?

Sim, O PS Não É O Syriza

É hoje muito claro que o PS não é o Syriza. Dar luz (electricidade) a quem não a tinha porque não tinha capacidade para a pagar. Devolver um serviço de saúde digno a quem já não tinha acesso ao mesmo. Subir o salário mínimo em mais de uma centena de euros. Devolver o trabalho a quem fazia limpezas e foi despedido inconstitucionalmente cortando no salário de assessores que ajudam na implementação de medidas políticas desastrosas e combater a corrupção da oligarquia que destrói o país não é efectivamente para todos. É preciso vontade política e não fazer a política do faz de conta que trouxe Portugal ao Estado a que isto chegou. Não, obviamente o PS não é o Syriza.