terça-feira, setembro 30, 2014

O Elogio Do Dr. Vítor Aleixo E A Vaia Da População Louletana Ao Ministro Miguel Macedo

Uma grande vaia a Miguel Macedo em Loulé. Uma vergonha o namoro entre o Presidente da Câmara do PS, Vítor Aleixo, e o Ministro do PSD Miguel Macedo. A colaboração PS/PSD para a criação de um Estado Policial aí está. Não há dinheiro para salários e reformas mas há um milhão de euros para esquadras da polícia. Oiçam na TSF com os vossos próprios ouvidos. Eu não pude protestar porque fui retirado do local (empurrado pelas costas, com a Constituição da República de braço bem alto, pela polícia, até ao café calcinha onde fui mantido em vigilância sob escolta e impedido de exercer o meu direito ao protesto) porque os senhores agentes da polícia receberam ordens para que eu ficasse em silêncio sem puder gritar palavras de ordem contra o governo e tocar o bombo. O Dr. Vítor Aleixo e o Senhor Ministro Miguel Macedo estariam certamente incomodados com a minha voz. Uma violação grosseira dos direitos fundamentais dos cidadãos. Já não é a primeira vez em Loulé sob o reinado do Dr. Vítor Aleixo.
 
Para ouvir na TSF a vaia dos louletanos e o elogio do dr. Vítor Aleixo ao senhor Ministro aqui:

domingo, setembro 28, 2014

Uma Demissão Justa

Tivesses feito tu oposição a sério a um governo que dizimou a vida de milhões de portugueses e não tinhas caído agora. É justo. A tua ideia era aproveitar o máximo descontentamento possível que imaginavas tu despoletaria nas eleições de 2015. O feitiço virou-se contra o feiticeiro. O oportunismo político tem limites. Para desgraça de quase todos nós consegues que seja talvez possível que as eleições sejam em 2015. Já não retiras é dividendos disso. Não tenho a certeza que o candidato vencedor tenha aprendido alguma coisa com isso.

É Preciso Mudar Alguma Coisa Para Que Fique Tudo Na Mesma

Estranho este dia que que as pessoas saiem à rua para votar e eu sinto que isto nada tem que ver comigo. António José Seguro já se afirmou ao longo destes três anos como uma não alternativa e António Costa não se quer afirmar como alternativa. O Portugal partidário actualmente não se recomenda. De facto, não contem comigo para alternâncias. Mais do mesmo, não, obrigado.

sábado, setembro 27, 2014

Tempestade Perfeita

O Banco Bom e o Banco Mau. A Tecnoforma. O Estado de Citius. A bolsa de contratação de professores. Greves todas as semanas. A destruição do SNS. Os cortes a dobrar nos salários das classes médias em Outubro. O descrédito das instituições políticas. Uma dívida astronómica e impagável sempre a crescer. Um orçamento de Estado pelo meio. O Partido Socialista, versão Seguro ou Costa pode fazer de conta que nada disto se passa e ignorar o vendaval destrutivo sobre a vida dos portugueses. A realidade é tramada. E o PS, entretido na mera conquista de poder, vai bater nela com estrondo.

À Atenção Do Senhor Presidente Da Câmara Municipal de Loulé

Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé
Dr. Vítor Aleixo

Assunto: Protesto à porta da Câmara Municipal de Loulé contra o Governo Corrupto e Indecente do PSD/CDS – Recepção ao Ministro Miguel Macedo

Data: Loulé, 26/09/2014
 

Informa-se que se vai levar a cabo um protesto contra a gente indecente, corrupta e imoral que Governa Portugal, Terça-Feira, dia 30 de Setembro 2014, à porta da Câmara Municipal de Loulé, a partir das 10 horas da manhã. Porque não aceitamos mais a destruição de Portugal. Porque não nos esquecemos do roubo nas reformas, do roubo nos salários, das políticas de empobrecimento e de humilhação dos portugueses. Não nos esquecemos da destruição do Sistema Nacional de Saúde, da destruição do Sistema Educativo e do Sistema de Protecção Social. Porque estamos fartos de um governo de corruptos e aldrabões que esmaga a dignidade do seu povo, lá estaremos com o bombo, as cartolinas e uma lata de salsichas a dizer Bem alto que só há uma solução para este estado de Citius: - A emigração deste governo. Eu, João Martins, portador do Bilhete de Identidade nº 8162991, contribuinte nº 208900184, faço comunicar a sua excelência esta intervenção no espaço público. Agradeço que o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé faça chegar esta informação às autoridades policiais locais.

Com os melhores cumprimentos

quinta-feira, setembro 25, 2014

Não É O Crime Que Leva À Pena, É A Pena Que Leva Ao Crime

E portanto, temos hoje provas de termos ao comando do país um Primeiro-Ministro corrupto. As provas circulam pelo facebook para avivar a memória de qualquer português. O que não temos ainda é um Primeiro-Ministro criminoso porque a Procuradoria Geral da República não investiga crimes que já prescreveram. Um caso claro de como o crime não leva à pena. Um criminoso que não é apanhado não é um criminoso. Todo o ladrão hábil sabe disso.

O Senhor Primeiro-Ministro Para Além De Mentiroso, É Corrupto - E Portanto, Demissão Já!


Parece que a Assembleia da República também mentiu aos portugueses. Ou se salva alguma coisa da credibilidade das instituições (alô, Aníbal de Boliqueime) ou elas desfazem-se com gente desta a representá-las. A crise é obviamente de regime.

quarta-feira, setembro 24, 2014

Portugal Hoje, É Isto

"O Governo brinca connosco, o PS e os seus paladinos parece que nos não tomam a sério, o conceito de democracia foi substituído por aventuras momentâneas e pérfidas, as televisões enchem-se de chalaceiros ignaros, convertendo Portugal numa cegada brejeira mas cabisbaixa. E nós? Nós assistimos a tudo isto de braços cruzados."
 

terça-feira, setembro 23, 2014

Faro, 21 de Setembro de 2014


É extraordinária esta mobilização de massas à escala mundial pelo clima. Quando tudo parece desabar eis que é dado um extraordinário sinal de esperança. Há mais vida para além dos mercados financeiros. Os políticos é que ainda não deram por isso.

domingo, setembro 21, 2014

Hoje Em Faro, Na Luta Contra As Alterações Climáticas


O Movimento Algarve Livre De Petróleo juntou-se hoje em Faro à luta contra as Alterações Climáticas no sentido de alertar para a catástrofe que pode vir a ser em breve a exploração de petróleo no Algarve.

sexta-feira, setembro 19, 2014

A Escola De Nuno Crato

A escola de Nuno Crato não é só a escola dos erros nas formulas matemáticas que prejudicam a vida de centenas senão milhares de pessoas. A escola de Nuno Crato nem sequer é um mau eduquês. É uma escola que promove institucionalmente a segregação étnica e social. Quando li que havia uma orientação do Ministério da Educação no sentido de se agruparem alunos "com características semelhantes" pensei com os meus botões, porreiro, vão agrupar as elites económicas e sociais nas turmas, os brancos com os brancos, os pretos com os pretos, os ucranianos com os ucranianos, os meninos para um lado e as meninas para outro. O que nunca imaginei é que isto seria feito de forma tão rápida e levado tão à letra. O racismo anti-cigano na sociedade portuguesa chegou ao ministério da educação. O que é interessante neste caso é que os pais das crianças (os ciganos) têm maior consciência da violação dos direitos fundamentais dos cidadãos do que a direcção da escola.
 

quinta-feira, setembro 18, 2014

Arranque Do Ano Lectivo Em Loulé

Acabo de vir de uma reunião na escola do meu filho marcada para as 17h em que o director apareceu quase às 20h. Como todos os outros pais não aguentaram a espera digna de uma urgência de hospital reuni sozinho com as professoras e o senhor director. Querem-me convencer de que as actividades de enriquecimento curricular são coisa normal ali pelo meio das disciplinas consideradas fundamentais. Não são e eu não vou ficar quietinho se isso acontecer. A falta de recursos humanos é uma justificação que não me enche a barriga.

segunda-feira, setembro 15, 2014

Juntos, Podemos!

Sábado, Dia 18 de Outubro, Loulé - Que Se Lixe O Governo PSD/CDS. O Algarve sai à rua pela demissão do Governo de Pedro Passos Coelho! Todos juntos de novo nas ruas! Vem gritar BASTA! Não nos restam alternativas. Agir, Agir Agir, Governo Rua! Ajuda a fazer crescer esta onda. Outro mundo é possível. Juntos, Podemos!
 

Está Na Hora, Todos Contam

Caros amigos está na hora de pensarmos em mobilizar-nos de novo de forma massiva para fazer cair este governo que destrói as nossas vidas. Sim, muitos de nós estão de rastos mas não temos alternativa. Juntemo-nos de novo!

15 de Setembro 2012, Loulé



Hoje é dia 15 de Setembro. Em Loulé foi assim. Faz dois anos. Foi uma viragem histórica. Está tudo ainda por mudar. Acordemos.

domingo, setembro 14, 2014

Democracia Louletana, Ou Os Custos De Não Pertencer À Casta Dominante

Fez ontem um ano que fui humilhado à porta da Escola do meu filho, em Loulé. As turmas acabaram por não ser mistas. Ficou apenas a humilhação de ter que andar em cuecas na rua, ter que fazer greve de fome, para que as crianças fossem integradas numa turma do 3º ano que tinha 11 alunos. Quatro das crianças os pais "optaram" por mudá-las de escola para outras terras deste e de outro concelho para não se sujeitarem à humilhação. A casta política dominante de Loulé não se dignou a mexer um dedo para defender a escola pública. Uma das crianças regressou este ano à escola. Duas das crianças que acabaram por voltar à turma inicial acabaram por receber o diploma de mérito da escola no final do ano, um desses prémios de "excelência" que transformam o privilégio em virtude, o Pedro foi uma delas. Talvez a maior humilhação da minha vida até hoje. Fui ameaçado de morte pelo porteiro da escola (que ameaçou ainda directamente a minha mulher e se deslocou ao mercado onde ameaçou directamente os meus pais) ofendido, culpabilizado, repreendido. Para recordar, sempre.
 

sábado, setembro 13, 2014

Começa A Ser Clara A Instrumentalização Das Comemorações Do 25 De Abril Em Loulé Pelo PS, Ver Aqui A Crítica

"Caro Afonso, não vou falar dos erros ortográficos. Vou ignorar isso que hoje parece que cada um escreve da maneira que lhe apetece, é muito jotinha essa coisa, apenas estou a criticar a presença e o convite ao Dr. Mendes Bota e ao Dr. Seruca Emídio que nos últimos anos têm primado pelo apoio incondicional ao Primeiro Ministro Pedro Passos Coelho, o tal que está a vandalizar a vida dos portugueses a cada dia que passa e tem uma política clara de empobrecimento do país. A minha indignação e a minha pergunta à Comissão das Comemorações do 25 de Abril é muito clara: Esta gente é defensora dos valores democráticos de Abril? É só isto. As ofensas de quem possa por aqui aparecer à minha pessoa são indiferentes a esta questão."
Ver o debate que começa a surgir aqui:

sexta-feira, setembro 12, 2014

A Governação Da Bandalheira

É extraordinário que eu já não saiba quanto ganho mensalmente, que cortes levo ao mês, como me chamo e quem sou. É isto o Portugal da governação PSD/CDS com a nulidade da oposição do PS. Obrigado por terem transformado Portugal nesta bandalheira.
 

quinta-feira, setembro 11, 2014

11 de Setembro



11 de Setembro de 2001. Tinha pouco mais de 30 anos. Sonhos a construir e estava numa acção de formação em Faro. Vi o segundo avião a bater na Torre Gémea em directo na televisão. Não se pode fazer a história do inicio do século XXI sem procurar compreender as consequências do 11 de Setembro. No mesmo dia em que em 1973 Allende era bombardado no Chile, num golpe de Estado que viria também a ser decisivo para a implementação de políticas que ainda hoje devastam toda a Europa.

quarta-feira, setembro 10, 2014

A Seguir À Terapia De Choque, A Fisioterapia

Caro António Costa, um programa de fisioterapia não sai da lógica do paradigma dominante centrado na terapia de choque. A ideia de que a seguir a uma terapia de choque se segue uma fisioterapia implica a ideia de um paliativo que não altere as estruturas institucionais  e de poder que nos trouxeram até aqui. Não chega e não vai resultar.

Requiem Pelo Partido Socialista

Os primeiros minutos do debate entre Seguro e Costa é um extraordinário momento de psicologização da política portuguesa com Costa a cair na armadilha de Seguro (e bem secundado por Judite de Sousa) num dos momentos de maior lavagem de roupa suja em directo na televisão portuguesa. Costa ainda tentou falar para o país mas Seguro sabia que a sua mensagem importante era para a tribo interna do partido. Não foi bonito de se ver. Deu também para confirmar que Costa não é alternativa a coisa nenhuma. Continua a não ver que o Memorando da Troika foi em si, o desastre, e que a sua teoria da aceitação do memorando de entendimento (tornada pública) e das suas draconianas condições não lhe permitem fazer hoje o diagnóstico correcto que o poderia levar a fazer propostas de ruptura com a nossa miserável condição. Não saindo de lugares comuns e de consensos moucos a referência futura será Hollande que estará em breve a precisar de companhia. Como bem sugeriu Manuel Valls, o socialismo morreu, a solução é mudar o nome ao partido..
 

terça-feira, setembro 09, 2014

As Pessoas E As Obras

As obras inúteis circundantes à rua das lojas em Loulé continuam a arruinar a vida de alguns dos comerciantes da baixa. No momento certo, em reunião camarária, parece que só houve uma pessoa a dizer que as obras eram desnecessárias. Para quem fez campanha a dizer que ninguém ficará para trás não está mal. Continua-se a brincar com o dinheiro dos contribuintes em nome de certas megalomanias corporativistas instaladas. Não há remédio.
 

domingo, setembro 07, 2014

O Discurso E A Prática

Ver Vítor Aleixo ao lado do deputado de um governo que viola direitos humanos, sociais e políticos quase semanalmente (os frequentes ataques ao tribunal constitucional são o quê?) a falar do direito a ter direitos é no mínimo ridículo. Este namoro e estas honrarias no âmbito das comemorações do 25 de Abril em Loulé só são compreensíveis à luz das futuras alianças estratégicas PS/PSD. A distância entre discurso e a prática política do Dr. Vítor Aleixo começa a merecer um estudo sério no âmbito da psicanálise da política.
 

A Universidade Da Dr. Maria Luís

Não, Dr. Maria Luís, está enganada, é o Governo de Português que tem que se ir embora para que o ensino superior se torne mais eficiente. Dizer que os professores do ensino superior têm que estar na linha da frente da compreensão dos sacrifícios e que têm que estar ao lado das políticas governamentais é um ultraje e remete para a Universidade do tempo do Estado Novo em que o sistema universitário pouco mais fazia do que assegurar a manutenção do regime fascista. Uma universidade ao serviço dos objetivos do governo, não obrigado Dr. Maria Luís. A universidade não serve para isso.
 

sábado, setembro 06, 2014

Indefinições

O que chateia nesta gente do Partido Socialista é que estão ao mesmo tempo junto das populações nos cordões humanos em defesa da Saúde do Algarve e ao lado dos governantes e administradores que destroem o Sistema Nacional de Saúde. Como dizia um desses do clube dos hipócritas um dia destes. Definam-se.

sexta-feira, setembro 05, 2014

Repugnância

O que repugna é que o sistema bateu no fundo e os políticos nem notam. Isso é o que repugna. Boa noite.

Os Abutres

É impressão minha ou os "mercados" que "sobem em alta" com os anúncios de hoje de Draghi, no sentido de injectar centenas de milhares de milhões de euros na economia, são os mesmos "mercados" que "subiram em alta" com o anúncio das brutais medidas de austeridade impostas um pouco por toda a Europa?

terça-feira, setembro 02, 2014

Os Irmãos Metralha

E pronto. Já está. É um prazer e uma enorme motivação, saber que se está a trabalhar, para ser roubado por esta trupe que governa, tal e qual, os irmãos metralha.
 
Aqui:

Simplesmente Brilhante, Nem Tudo É Deserto e Eucalipto Na Capacidade De Compreensão Do Mundo

O Lehman Brothers explodiu faz agora seis anos. Mais de 2000 dias depois da crise financeira ter rebentado, a direita europeia tem dois problemas: primeiro, a sua solução para acabar com a crise não funciona; segundo, a todo o custo não o quer reconhecer. Infelizmente, a esquerda europeia tem  uma variação dos dois problemas da direita: a solução para a crise que anuncia quando está na oposição desaparece miraculosamente quando chega ao governo por incapacidades próprias e falta de apoios europeus. A anexação do pensamento político de toda a Europa pela doutrina Merkel conduziu a resultados devastadores do ponto de vista do crescimento e do emprego. E o que faz a Europa, em sequência de mais uma rodada de números deprimentes, como os divulgados na semana passada? Reage em coro da mesma maneira automática, inútil e quase infantil como o tem feito nos últimos anos: marca uma nova cimeira sobre crescimento e emprego. Nenhuma das cimeiras anteriores deixou rasto e, dado o estado da arte, o caixote do lixo é o lugar mais provável onde se colocará a mais recente convocatória. Infelizmente ninguém acorda (tirando Draghi sempre que é Verão, mas não chega). Hollande, a esperança da social-democracia europeia, vive em modo suicida e demite os membros do seu gabinete que se manifestam contra a austeridade. É demasiado tempo na zombieland, muito tempo perdido, muito emprego e vidas destruídas em nome de uma religião e moral desconexa da realidade. Na Europa, a economia deixou de ser uma ciência (recusa veementemente as soluções que podem chegar aos resultados que os protagonistas afirmam querer) e transformou-se numa religião: imagine-se que o tratamento que era dado a um doente com cancro era exactamente aquele que lhe faria piorar o seu estado clínico? A Europa funciona em termos económicos como aquelas pessoas que por razões religiosas se recusam a receber tratamentos médico ou o proíbem aos seus familiares. Em medicina, esse comportamento é incompreensível – em economia é aceite pela maioria dos Estados europeus.   O tempo é dos zombies. Aqui há dias, no seu blogue, Paul Krugman atirava para o ar hipóteses de explicação para o facto de ser possível fazer uma política de estímulos nos Estados Unidos e na Europa não. A ecologia intelectual nos Estados Unidos é mais flexível, a “direita louca” americana serve de vacina. Mas Krugman afirma não conseguir perceber a “infelicidade” da esquerda europeia. É, sem dúvida, material para doutoramento em ciências políticas.

Por Ana Sá Lopes