sábado, outubro 31, 2015

O Governo De Esquerda E A Exploração De Petróleo No Algarve

Estou com muita expectativa de ver chegar um governo de esquerda à governação da Nação porque sei que nesse dia os senhores deputados João Vasconcelos, do Bloco de Esquerda; José Apolinário, do Partido Socialista e Paulo Sá, do Partido Comunista Português, tudo vão fazer para evitar que a indístria petrolifera colonize o território algarvio destruindo o que resta da vida dos residentes no Algarve. Penso que os senhores deputados até agora só manifestaram um silêncio sepulcral face a este assunto de menor importância porque obviamente têm mais que fazer.

sexta-feira, outubro 30, 2015

Da Demência De Estado


Parece que nada impede a coligação PSD/CDS de seguir em frente de forma estável. A demência de Estado já teve melhores dias. Valha-nos Nossa Senhora de Fátima e a Santa Engrácia. Internem o homem no Convento de Alcântara. E não o deixem sair de lá. Alguém que salve a pátria.

quinta-feira, outubro 29, 2015

Ainda A Herança Da Escola De Nuno Crato Na Fabricação Da Reprodução Social

As perguntas certas colocadas pelo Professor Jorge Bateira. Desconfio que cada um de nós vive isto como um problema individual ignorando as consequências sociais de longo alcance que isto implica. No que me toca, a escola dos meus filhos, transformou-se de facto, numa tortura familiar. E garanto-vos que aqui por casa trabalha-se e estuda-se de forma rigorosa e séria. Mas isso por si, na escola herdada de Nuno Crato, já não chega. A escola em Portugal, neste momento, é o mais poderoso mecanismo de reprodução das desigualdades sociais e uma autêntica máquina de selecção social e de divisão da sociedade em classes. Voilá, Bourdieu atualíssimo.
 

quarta-feira, outubro 28, 2015

Inválidos Com Morte Certa e Inválidos Sem Morte Certa

Vá lá. Escaparam os inválidos "com morte certa". Os inválidos "sem morte certa" que vão trabalhar, malandros! A política do dividir para reinar atingiu o seu ponto máximo. Estou mesmo a ver os inválidos "sem morte certa" a queixarem-se da injustiça de verem os inválidos "com morte certa" a receberem esse subsídios geradores de "dependência" atribuídos pelo Estado. Sr. Doutor, está a ver, que ingratidão, eu que tenho três anos e dois meses de invalidez "sem morte certa" não recebo subsídio e o meu vizinho que era para morrer e não morreu ainda, ainda vive às custas do Estado. Uma injustiça. Essa gente inválida que tem morte certa são uma cambada de parasitas. Vão trabalhar malandros! Seus inválidos "sem morte certa"!
 

terça-feira, outubro 27, 2015

A Herança De Nuno Crato

Na escola a criançada pergunta. Professora porquê que passa tantos trabalhos de casa? Responde a professora: - Para estarem bem preparados para os exames. Dizem os alunos: - Mas no quinto ano não há exames professora. Resposta da professora: - Mas têm no sexto ano. A herança da escola do Crato em todo o seu esplendor. Uma máquina de examinar que se esquece da parte importante do ensinar e aprender. Mudar isto não vai ser pêra doce. Vai demorar uns aninhos bons. E era preciso alguém ver nisto um problema. Chama-se examinite aguda. É quase uma doença.

Governo Líquido

O que mais gostei foi da criação do Ministério da Igualdade, da Cultura e da Cidadania. Uma piada vindo do governo que fez do empobrecimento e da desigualdade todo um programa. Quatro anos, dizem eles. A demência é total.

domingo, outubro 25, 2015

Os Piegas Amuaram, Só Falta Começar A Fazer Beicinho

O piegas e o irrevogável amuaram. Chama-se democracia. Emigrar é sempre uma boa solução. O empreendedorismo por conta própria também. Sair da zona de conforto e bater punho é sempre uma hipótese. O que sobra é "ajustarem-se" os dois, o Dr. Portas e o Dr. Passos e deixarem de viver acima das nossas possibilidades. Parece-me uma inevitabilidade. Estou mortinho para ouvir o comentário político do Dr. Relvas sobre isto. Ah, esqueci-me, vigiem mesmo as máquinas de fotocópias e o Dr. Paulo Portas. Custe o que custar. PS: Há sempre alternativas.
 

sexta-feira, outubro 23, 2015

O Regresso Da Política

Ver a direita radical autoritária e austeritária a ser derrotada dia após dia pelas regras da democracia é absolutamente maravilhoso. Perguntam-me se a experiência das esquerdas vai dar certo? Isso agora é secundário. Para já a democracia está a baralhar o jogo da ditadura dos "mercados" o que não é pouca coisa. Quando a rua parecia ter esgotado as energias da resistência em resultado do esmagamento austeritário, eis que reemerge a política em todo o seu esplendor e vitalidade. Valeu a pena andar a lutar nas ruas? Tudo vale a pena se a alma não é pequena.

O Golpe De Estado De Cavaco

Afinal o Golpe de Estado fê-lo Cavaco Silva na sua comunicação ao país. Bloco de Esquerda e PCP podem ter os votos que tiverem, 30 votos ou três milhões de votos que o Presidente da República interditou a sua entrada num qualquer governo em Portugal. Se isto não é um verdadeiro golpe de Estado, não sei o que será um verdadeiro golpe de Estado. Disse-o várias vezes e repito-o, pois fui sempre incompreendido, a esquerda nunca percebeu nestes últimos anos o tipo de gente que governa o país.

quarta-feira, outubro 21, 2015

Petróleo E Política No Algarve: Depois Do (Vergonhoso) Silêncio Da Campanha Eleitoral

Notícia de última hora: - A primeira medida política de um governo de esquerda constituído pelas diversas esquerdas é impedir a apropriação do território Algarvio pela indústria de exploração de petróleo. Nesse sentido, podemos estar certos (quer dizer, crentes) que João Vasconcelos, deputado eleito pelo Bloco de Esquerda pelo Algarve, entre as primeiras propostas que vai fazer na Assembleia da República é no sentido de impedir a exploração de petróleo nos mares e nas terras do nosso lindo Algarve. Contra ventos e marés, e contra uma feroz resistência no interior do próprio Bloco de Esquerda, estamos convictos que o interesse das populações algarvias vai ser defendido dos vândalos da política que andam a fazer as negociatas do petróleo no Algarve, nas nossas costas. Assim vale a pena um governo de esquerda. É óbvio que toda esta verborreia minha não passa de um desejo meu. Agora vou dormir. Até amanhã.

domingo, outubro 18, 2015

Afinal, Os Comunistas Comem Mesmo Criancinhas Ao Pequeno-Almoço

Primeira página do Diário de Notícias de hoje: - António Barreto: "Prefiro os credores aos comunistas". Afinal, não era um mito urbano. Os comunistas comem mesmo criancinhas ao pequeno almoço. Andava eu profundamente enganado a pensar que quem comia as criancinhas eram os credores. Valha-nos a sapiência.

Portugal Agrilhoado

Portugal à frente deve ser isto. Sempre a subir. Votar na coligação de direita é continuar a catástrofe da austeridade. Suportar o PS de Costa que não quer romper com as "regras" da Europa, catástrofe vai continuar a ser. O beco aparentemente é mesmo sem saída. O caminho está cheio de minas e armadilhas. A ver vamos daqui a quanto tempo é possível sair disto. Não vai ser nada fácil.
 

sexta-feira, outubro 16, 2015

Quatro Anos Depois Do 15 de Outubro de 2011



Para quem não deu por isso ontem fez quatro anos do 15 de Outubro de 2011, um dos momentos altos da resistência à Troika, à direita ultraconservadora e radical de Pedro Passos Coelho e às políticas de austeridade em Portugal. Este foi um dia de esperança em que milhares de pessoas saíram às ruas em Lisboa para mostrar a sua indignação face a um poder político que continua a ter como prioridade servir o poder económico e financeiro destruindo em poucos anos a democracia portuguesa e as nossas vidas. Quatro anos em que o caminho foi sempre no sentido do empobrecimento geral da população portuguesa e do agravamento das desigualdades sociais. Continuo a achar que só nas ruas esta gente pode ser travada. Hoje com o nível de devastação provocada pela austeridade na sociedade portuguesa tenho dúvidas se ainda haverá energia e gente para isso. Não tenho dúvidas de que foi um dia importante na História recente da vida portuguesa.

quarta-feira, outubro 14, 2015

O Consenso Indesejado

Estou mortinho de curiosidade para ver o que fará o senhor residente da República, Cavaco Silva, se a solução de consenso da governação que lhe for apresentada não for o consenso que ele bradou anos e anos a fio em cada aparição pública. Vai ser um gozo (ou não).

terça-feira, outubro 13, 2015

Um Governo Mais À Esquerda: Uma Necessidade Histórica Num Caminho Cheio de Minas E Armadilhas

Algumas notas pessoais sobre o governo das "esquerdas". Primeiro considero-o uma necessidade histórica uma vez que esta direita ultraconservadora e reacionária com mais do que meros tiques anti-democráticos tem que ser varrida do mapa na sequência do mal que fez a Portugal e a grande parte dos portugueses. Segundo, considero que o PS só procura estas alianças à esquerda porque o seu líder, António Costa, joga na conquista do poder governativo a sua sobrevivência política uma vez que foi o grande derrotado das eleições legislativas. O risco de cairmos na "boa austeridade" de esquerda (à semelhança da Grécia de Tsipras) é enorme uma vez que o Tratado Orçamental, a renegociação da dívida e a necessidade (?) de saída do euro condicionar decisivamente a acção política do futuro governo. Sendo uma necessidade histórica em prole do bem comum um governo mais à esquerda; o caminho está cheio de armadilhas e contradições. Por enquanto, o próximo passo é correr com os ultraconservadores ultraliberais de pacotilha. Uma questão de sanidade mental da democracia.

Uma Coligação Piegas A Querer Viver Acima Das Suas Possibilidades Eleitorais

Afinal parece que há alternativas e as inevitabilidades não são irrevogáveis. Tem um nome, chama-se política e trata-se da perda de poder absoluto. Vá lá, não sejam piegas. O "documento facilitador" se calhar ainda não chega. O melhor é sair da zona de conforto e emigrar. Isso, fazer a coisa certa. Uma emigração PÀFista em massa. Ser empreendedor. Fazer valer o vosso mérito lá fora. Bater punho. Fazer pela vida. Ide, caminhai, basta de fazer tanto mal às pessoas.

segunda-feira, outubro 12, 2015

As Ilegalidades do Dr. Pedro Nunes Com A Cobertura Da Coligação PÀFista

E portanto, o Centro Hospitalar do Algarve já só se aguenta com a retirada de direitos consagrados constitucionalmente aos seus trabalhadores. Parabéns à coligação PÀFista e a todos os portugueses que votaram nesta gente. É que ter médicos sem descanso é um contributo importante para estarmos mais tranquilos de que seremos bem assistidos.
 

domingo, outubro 11, 2015

Sobre A Derrota Estrondosa Do PS No Concelho De Loulé

Para quem não se apercebeu o PS sofreu uma derrota estrondosa no Concelho de Loulé. E vale sempre a pena perguntar como é que num concelho que nas últimas autárquicas votou maioritariamente socialista se voltou as costas aos socialistas nas eleições legislativas que julgaram quatro anos de dantesca austeridade. Podemos sempre dizer que não é o PS local que foi a jogo mas também podemos considerar que não é bem assim. Vítor Aleixo teve uma alta implicação no apoio à candidatura de António Costa e é claramente um dos grandes derrotados destas eleições. À semelhança do líder socialista à escala nacional o tibutear e ziguezaguear constante à esquerda e à direita, tão depressa organizando palestras com "esquerdistas radicais" e ao mesmo tempo aprovando todos os grandes negócios da direita com um namoro indecoroso ao "arco da governação" é muito provável que lhe saia muito caro em tempos que se aproximam. Os resultados indicam claramente que há uma esquerda à esquerda do PS que já não vai no canto da sereia. Vá a esquerda do PS a jogo nas próximas eleições autárquicas em Loulé e a política além da esquerda e da direita arrisca-se a ir à vida. Para estar a votar na cópia as pessoas preferem sempre votar no original. Um dia destes, na rua, encontrei o ex-candidato Hélder Martins e disse-lhe isto claramente: - Para estes andarem a fazer o que estão a fazer mais valia ter sido o meu amigo a ganhar as eleições. Ao menos tinha jeito para o negócio. Rave Party à janela da autarquia só podia dar mau resultado.

sábado, outubro 10, 2015

António Costa Não Percebeu O Que Aconteceu, O Costume

Costa está a jogar a sua sobrevivência política (o seu resultado eleitoral foi um desastre) e a continuar nos ziguezagues a que nos habituou, o PS caminha em processo acelerado de Pasokização. Pior que os ziguezagues permanentes é gerar falsas expectativas à esquerda que não se venham a concretizar. Suicidário.
 

A Vitoria Da Esquerda Digna Que Luta Nas Ruas E A Derrota Da Esquerda Fofinha Do Mal Menor

"Afinal, isto virou mesmo à esquerda! E essa foi a surpresa destas eleições. Enganou-se quem, com a habitual ligeireza, desvalorizou o ciclo de maior contestação social dos últimos 30 anos, e achou que a esquerda “radical” bem podia sair à rua, convocada pela CGTP ou pelo Que Se Lixe a Troika!, porque, uma vez chegadas as eleições, todos voltariam ao redil e votariam nos “suspeitos do costume”. É ou não significativo que o BE tenha duplicado a sua representatividade depois de o terem declarado morto e, pelo contrário, quem, como o Livre, reclamava uma “esquerda de governo” e criticava a “esquerda de protesto”, tenha saído arrasado das urnas, perdendo metade dos poucos votos que obtivera para o Parlamento Europeu? É ou não significativo que a CDU, apesar do voto útil no PS e dos 260 mil novos eleitores do BE, tenha ganho mais apoio (sobretudo no Norte) pela 4ª eleição consecutiva?"
 
 
PS: O texto é de Manuel Loff, o título do post é meu.

sexta-feira, outubro 09, 2015

Corte Aos Páfistas!

Sugiro que os cortes sejam feitos apenas em quem votou na PÀF (coligação PSD/CDS). Assim ficávamos todos contentes. Quem votou neles tem os cortes que merece. Os outros portugueses seguiam a sua vida em frente. Pode ser assim?
 

Sobre O Portugal Dos Pequeninos

"Uma reportagem preparada, editada, pensada, reduziu um dos maiores físicos destes país, especialista num dos temas mais graves e desafiantes da ciência - o "melhoramento do cérebro"- em que por via da cirurgia e da medicação se altera qualitativamente o comportamento dos seres humanos "a um velhinho de 70 anos que vai para o Parlamento". No meio um jornalista em directo desconcentrado trocou "ele por ela" - pediu desculpas publicamente, a quem está convencido que ele o fez de propósito. Na mesma reportagem reduziu-se uma resistente à ditadura, responsável por ter ajudado a salvar da tortura várias pessoas, pondo a vida própria em risco, "a uma velhinha que não sabe como vai mudar do Porto para Lisboa". Ninguém se indignou com duas pessoas com um contributo maior para a sociedade terem sido reduzidas a dois "velhinhos". Continuamos a viver num país onde o que interessa não é o bebé morto por um cão, é salvar o futuro do cão. Temos um longo caminho a percorrer, não só contra o marialvismo homofóbico, temos também que derrotar toda uma cultura pós-moderna, persecutória, doentia, que com uma capa de liberalismo vai introduzindo o domínio do acessório sobre o essencial."
 
PS: O título do post é de minha autoria e o texto é da Raquel Varela, escrito no seu facebook. Só acrescentaria isto, Portugal hoje não se recomenda, coisa que aliás tenho escrito, com recorrência.

Uma Nova Troika?

Um novo espectro percorre Portugal. O espectro de uma nova Troika. Assim Bloco de Esquerda, PCP e PS o queiram. Resta saber se isso significaria romper de vez com as políticas de austeridade da senhora Merkel ou uma nova austeridade "boa" e de esquerda à la Tsipras. Se for isso, quem ganha é o TINA. Não, não falo da TINA, falo mesmo do TINA. Aguardemos. Boa noite.

quinta-feira, outubro 08, 2015

quarta-feira, outubro 07, 2015

Ziguezaguear Por Aí

Suspeito que se António Costa se revelar tão hábil nos ziguezagues nestas negociações decisivas entre a direita e a esquerda, para formar o governo de Portugal, como tem conduzido o partido até aqui, arruína o PS de vez. A ver vamos.

terça-feira, outubro 06, 2015

A Fome E A Vontade De Comer

Fernando Medina, nº2 de António Costa na CML, está a fazer tudo para que o PS se junte à coligação PSD/CDS e com um bocado de sorte daqui a uns tempos, nas próximas eleições autárquicas, a fazer com que o PS perca a Câmara Municipal de Lisboa. O PS quer mesmo suicidar-se.

segunda-feira, outubro 05, 2015

Confundir Os Desejos Com A Realidade

Andam por aí umas visões ingénuas a bradar a sete pés de que temos uma maioria de esquerda no parlamento. Não, não temos. O Bloco de Esquerda e o PCP somados não chegam a isso. Santa ingenuidade.

Sobre A Estrondosa Derrota Do PS, Uma Brilhante Análise de Ana Sá Lopes

Ver as dez razões da derrota do PS nas eleições legislativas de 2015 no link em baixo. Não vai ser fácil evitar o definhamento progressivo. A pergunta certa é esta, há outro PS?
 
 

domingo, outubro 04, 2015

À Espera De Godot

É obvio que António Costa não tem condições para continuar. Perdeu em toda a linha a legitimidade. Já disse esta noite o mesmo e o seu contrário. O PS é responsável mas não contem com o PS para aprovar um programa contrário ao programa do PS. Foi este taticismo anti-alternativo que levou ao suicídio socialista. Com Jorge Coelho, António Vitorino, Francisco Assis, Carlos Zorrinho e outros neoliberais assim, não há futuro. Quem nos trouxe até aqui não nos vai tirar daqui. Esperar que este PS diga qualquer coisa de esquerda é o mesmo que estar à espera de Godot.

O PS Entre A Espada E A Parede

A não haver maioria absoluta da PAF restam duas hipóteses a António Costa. Ou se junta à esquerda para formar uma maioria de esquerda e fazer cair a PAF no próximo orçamento ou pede a sua demissão. Não lhe restam grandes alternativas. O PS está entre a espada e a parede. Ou renasce. Ou morre. Aguardemos. Em Loulé, o Dr. Vítor Aleixo e o Dr. Hugo Nunes deveriam reflectir no que andam a fazer. Não basta dizer umas coisas de esquerda e continuar a fazer todos os negócios da direita. Isso não é alternativa nenhuma.

No Caminho Do Abismo

Há uma coisa que é certa em resultado desta noite eleitoral. Eu gosto cada vez menos do meu país. Venham mais quatro anos de austeridade. O outro tinha razão. Aguentam, aguentam.

O PS Tem Aquilo Que Merece

O PS que não gosta dos protestos das pessoas que foram vandalizadas e que andaram nas ruas a tentar defender as suas vidas tem aquilo que merece. Parabéns.  Agora só falta responder ao apelo do senhor Presidente da República para formar coligação com a direita que destrói o país. Parabéns duas vezes.

A Luta Continua, António Costa Para A Rua

Ao contrário do que por aí se escreve nas redes sociais de que o povo está louco não é disso que se trata. O PS nunca se constituiu como alternativa e sem alternativa boa parte das pessoas apostou em mais do mesmo. António Costa deve pedir imediatamente a demissão. Triste Portugal que foi sodomizado durante quatro anos e que continua no mesmo caminho.

sábado, outubro 03, 2015

Amanhã, O Povo É Quem Mais Ordena



Amanhã, cantemos de novo o Grândola Vila Morena. Se ganha a PAF e o PS se aliar à PAF, o PS morre. Se ganhar o PS e se aliar à PAF, o PS morre. Quanto à PAF, essa, já morreu. De qualquer das formas, já ganhámos. Os que não querem mais austeridade. Cantemos o Zeca. A luta continua.

Voto Útil

E pronto já passa da meia-noite já posso escrever isto. Amanhã sairei de casa à antiga e popular maneira portuguesa, visto o meu melhor fato de Domingo e ponho o voto em urna no PCTP/MRPP. Motivos: - Rasgar o Tratado Orçamental; Rasgar a dívida; sair do euro. Sem isto não há futuro. Bom fim-de-semana.

sexta-feira, outubro 02, 2015

Adeus, Passos Coelho!



Se não forem os teus amigos do PS a dar-te a mão, ficas em maus lençóis. Na noite de amanhã sai a Grândola Vila Morena.

Povo Que Lavas No Rio

Tinha jurado a mim mesmo que dificilmente me meteria de novo em protestos e outras coisas dessas tão detestadas pelos portugueses, pois a experiência sofrida na pele disse-me que a vítima se transforma tendencialmente em culpado e vira-se tudo contra quem está a ser humilhado. Porque o governo português mais uma vez cortou o financiamento na escola do meu filho e no dia das aulas começarem basicamente ele não sabe se tem turma ou não, no ensino articulado, lá decidi participar num protesto a ver se a gente indecente que nos governa parava de fazer mal às nossas crianças. Resultado: - Uns certos pais de crianças que estão na mesma situação na turma do meu filho estão a criticar quem protestou. Já tinha dito ao pessoal da PALP (Plataforma Algarve Livre de Petróleo) que por estes mesmos motivos (e que nada têm a ver com a PALP) me abstinha de ir à luta porque estava farto de ser maltratado por ser "activo" (no sentido político obviamente). A história repete-se. O horror a quem se mexe é total. Salazar continua encarnado em cada um de nós. Fraquinha democracia (se é que ela ainda existe). Povo que lavas no rio nas tábuas do teu caixão. Paz à sua alma.