quarta-feira, agosto 31, 2016

Ainda Sobre A Ida De Marcelo À Lua

Ainda sobre a minha leitura do excelente artigo de Lídia Jorge sobre a exploração de petróleo e gás no Algarve no jornal Público só me resta concluir que a escritora acredita que Marcelo Rebelo de Sousa um dia destes pode chegar à lua.

terça-feira, agosto 30, 2016

Uma Geringonça À Deriva

Acreditem no que vos digo. A geringonça está perdida. Não tem rumo. Não tem estratégia. Não tem orientação política. E a táctica é desastrosa. Para além disso, perdeu a vergonha. Tem apenas o Costa e a obediência a Bruxelas. E a sorte do povo que lutou nas ruas ter derrotado a política de Passos Coelho nas urnas. Se durar a legislatura cai com estrondo. Se manter as inconsistências perde rapidamente o crédito. Uma verdadeira geringonça. Depois de uma luz ao fundo do túnel voltámos novamente ao beco sem saída.

Sobre A Exploração Hidrocarbonetos No Algarve, A Voz Da Escritora Lídia Jorge

"De facto não se trata de uma simples brincadeira de mau gosto. Neste inesperado envolvimento existe uma questão de calendário. É sabido que a dependência dos hidrocarbonetos começa a ficar mais lassa, mas está ainda longe do verdadeiro declínio. Tudo indica que a energia fóssil vai conviver, durante anos, com as novas fontes renováveis, e porque entretanto a consciência ecológica se expande de forma exponencial, sobretudo nos países mais desenvolvidos, convém às petrolíferas manterem reservas em países onde o grau financeiro de dependência energética seja alto, o nível de vida seja baixo, a cidadania seja pouca, o temperamento dos povos seja manso, e os regimes democráticos, débeis. Portugal tem tudo isso, e muito mais. Nesta fase descendente do ciclo, enquanto não se asseguram novos estilos de vida, as companhias petrolíferas preparam-se para varrer os restos da casa fóssil nos quintais dos mais frágeis. Por isso, os contratos de concessão assinados com Portugal podem ser humilhantes, estar blindados e comprometerem o futuro de três gerações, e o mais que se sabe, que tudo encaixa no plano de fim de ciclo. Foram assinados com a devida descrição e recato. Felizmente que houve pessoas, grupos, associações e autarcas que fizeram sair esses documentos fatais do seu esconderijo. As crianças portuguesas do futuro nunca saberão quanto lhes ficam a dever."
 

segunda-feira, agosto 29, 2016

Quem Se Mete Com A Geringonça, Leva!

Desabafo da hora de dormir: - Estou fartinho, fartinho, dessa canalha travestida de esquerdista convertida às políticas únicas da direita que o melhor que fazem face à crítica política pela esquerda é denegrir, ridicularizar, humilhar e ostracizar o mensageiro que é a única forma que têm de calar a mensagem. Experimentem criticar o governo da geringonça nas redes sociais aqui no Algarve e vão ver o que é bom e bonito. Quem se mete com a geringonça leva. Loulé então, tornou-se um antro de canalhice repugnante despejado em quem se atreve a ter uma opinião própria que ponha em causa um qualquer interesse dos lambe botas da política partidária. Não se recomenda.

A Caixa Geral De Depósitos: A História De Um Roubo De Ladrões Desconhecidos

Caro facebook, volto a manifestar aqui a minha indignação. A Caixa Geral de Depósitos foi assaltada em perto de 5 mil milhões de euros. Não se sabe nada do roubo. Não se sabe se o assalto foi à mão armada; se foi com uma faca de cozinha ou com uma naifa de algibeira; se o ladrão era heterossexual; se fugiu de carro eléctrico ou de lambareta; se era amigo do Salgado, do Sócrates ou de um qualquer pelintra que passa férias na Manta Rota. Nada. As autodenominadas esquerdas passaram-lhe uma esponja por cima. Segundo parece é um roubo sem autoria em que apenas se sabe que os contribuintes foram mais uma vez os grandes assaltados. O dinheiro não entra para o défice das contas públicas para não fazer cair o governo mas exponencia a já gigantesca dívida pública que o senhor Primeiro-Ministro Costa faz questão de dizer que temos que pagar (nós, os roubados de sempre). A falta de vergonha dos esquerdistas Louçã, Matias, Mortágua e Catarina é total. Jerónimo anda a fazer reinterpretações diárias da obra de Marx com especial destaque para o Capital e grande parte dos portugueses faz gala de não querer saber das coisas "nojentas" da política. Mas nem tudo é mau. Salva-nos a água quente dos banhos de final de Verão e as giras e populares selfies do Senhor Presidente Marcelo. Na graça de Deus, amém.
 
Lido no facebook de João Martins

domingo, agosto 28, 2016

Em Nome Do Poder, Perderam A Vergonha

É um "bom acordo" diz ela. Cinco mil milhões de euros que poderiam ir para escolas, hospitais, segurança social, bem estar e qualidade de vida para quem trabalha, estimulo ao emprego jovem, ter uma vida digna na velhice e na reforma, etc, etc, etc. A aliança políticos e banqueiros está ao rubro. O novo arco da governação (agora de geometria variável) perdeu a vergonha.
 

Para Onde Vais Alice?

É este o mesmo tipo que elogiou o roubo de 5 mil milhões de euros aos contribuintes para salvar mais um banco mesmo que público. A incongruência desta gente do Bloco de Esquerda é total. Criticam a Europa de dentro dizendo que é melhor estar fora e apoiam uma solução governativa que arruina Portugal com as receitas impostas, a partir de dentro, por Bruxelas. Os reacionários da direita acertaram em cheio na designação, uma perfeita geringonça. E não, não vai ter bom fim.
 

sábado, agosto 27, 2016

Assaltados Pelas Esquerdas

Francisco Louçã diz que o roubo do Governo da Geringonça no valor de 5 mil milhões de euros aos contribuintes portugueses é uma "vitória" do governo de Costa. A revolução do Bloco de Esquerda passa pelo grande assalto aos trabalhadores portugueses. Extraordinário. Ou a ideologia cega. Ou o poder cega. Ou a falta de coluna vertebral da pequena burguesia que representa o Bloco de Esquerda é total. Aposto nas três. Supõe-se que quando desaparecem 5 mil milhões de euros têm que ser encontrados os ladrões, tem que ser investigado o crime e têm que ser presos os assaltantes. A esponja e a ligeireza com que as "esquerdas" encaram este assunto é da esfera da máfia organizada no grande assalto ao Estado Português. Entretanto, o país dorme num sono profundo como se a vida colectiva rolasse por si. Até um dia.

sexta-feira, agosto 26, 2016

Portugal Agrilhoado, Ano 2016

Grande parte dos portugueses aceitou passivamente ser roubado em grande pelas direitas e vou levantar a hipótese de que grande parte dos portugueses vai aceitar passivamente ser roubado em grande pelas esquerdas. Portugal é um paraíso para banqueiros e vigaristas. Bola, fado, missa, festas, uma despolitização em grande escala e um mercado do tacho a aniquilar a cidadania. Não estamos tão longe assim do passado recente. A capa da modernização esconde um país que afinal não o é. O retrato de um certo Portugal satirizado por Eça de Queirós continua vivo e não se recomenda. Assim é difícil fazer futuro.

O Grande Roubo das "Esquerdas" (com aspas) Aos Trabalhadores Portugueses

Mais um gigantesco assalto ao povo português de quase 5 mil milhões de euros agora legitimado pelo Bloco de Esquerda. A Caixa Geral de Depósitos foi à falência e o dinheiro desapareceu e Mariana Mortágua (a grande estrela pop rock da esquerda portuguesa) diz que é uma "consequência natural da recapitalização pública" Já sabiamos que para as "esquerdas" (com aspas) havia uma corrupção má (a praticada pela direita) e uma corrupção boa (a praticada pela esquerda). Sabemos agora que os gigantescos roubos aos contribuintes para salvar a banca pelas "esquerdas" (com aspas) são bons e pela direita são uma autêntica roubalheira. Chegámos à "esquerda" portuguesa à la Tsipras. Uma brutal austeridade "boa". O regime político passou do rating lixo para lixo tóxico sem salvação.
 

segunda-feira, agosto 22, 2016

Petróleo Na Caixa Geral De Depósitos: BCE Impede o Furo

Hora do devaneio político (sério): - Depois do convite da Galp a três Secretários de Estado do Governo Socialista para irem ver a bola de borla ao estrangeiro sabemos agora do convite do Governo Socialista a António Costa Silva da Partex (Gulbenkian) para a administração da Caixa Geral de Depósitos. Um governo que carbura a petróleo por todos os lados.

quinta-feira, agosto 11, 2016

Galp É Fixe!


O Movimento Algarve Livre de Petróleo foi mostrar hoje, 11 de Agosto, a sua indignação à porta da sede do Partido Socialista em Loulé, pelo facto da GALP ter pago indevidamente viagens ao Europeu de Futebol, ao Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, ao Secretário de Estado da Internacionalização e ao Secretário de Estado da Indústria; ao deputado do PSD eleito pelo Algarve Cristóvão Norte e aos Presidentes de Câmara de Sines eleitos pelo PS; e de Santiago do Cacém, eleito pelo Partido Comunista Português. Do que já se sabe do escândalo Galpgate foram convidados ainda Paulo Carmona da Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis (ENMC), o responsável máximo da DGRM e o presidente da Câmara de Lisboa. Todos estes políticos e altos cargos do Estado têm directa ou indirectamente influência nos negócios do petróleo e do gás em Portugal pelo que estamos perante uma questão gravíssima do foro criminal do qual o Ministério Público e a Procuradoria Geral da República não podem deixar de intervir.

segunda-feira, agosto 08, 2016

Vigília À Porta Da Sede Do Partido Socialista Contra A Exploração de Petróleo E Gás No Algarve, Costa Rasga Os Contratos!

Ex.mo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé
Dr. Vítor Aleixo (Aviso de protesto já entregue no expediente da Câmara Municipal de Loulé)
Data: Loulé, 08/08/2016
Assunto: Aviso de vigília de protesto contra a exploração de petróleo e gás no Algarve – Costa Rasga os Contratos!


O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) informa que vai levar a cabo uma vigília à porta da sede do Partido Socialista em Loulé, Quinta-Feira, dia 11/08/2016, entre as 18 horas e as 20 horas, em protesto contra a prospecção e exploração de petróleo no Algarve.
As razões da vigília/protesto são as seguintes:
a) O senhor Primeiro-Ministro de Portugal, Dr. António Costa, está a defender os interesses das petrolíferas contra o interesse público e contra a defesa da vida e da dignidade dos cidadãos que residem no Algarve quando defende que os contratos assinados com as petrolíferas são para cumprir;
b) O Senhor Secretário da Energia, Dr. Jorge Seguro Sanches, afirmou na Assembleia da República que os autarcas do Algarve foram consultados a quando da assinatura da maior parte dos contratos com as petrolíferas e esta informação até ao momento ainda não foi desmentida por nenhum dos senhores autarcas do Algarve;
c) Três Secretários de Estado, membros do Governo Socialista, receberam indevidamente pagamento em espécies (viagens e bilhetes para assistir ao futebol no estrangeiro) da petrolífera GALP o que configura um possível crime que tem que ter consequências do ponto de vista ético, político e legal. Como vai o governo português ajuizar com independência a decisão a tomar em relação ao furo ao largo de Aljezur precisamente pelas petrolíferas GALP e ENI? Só resta ao Governo Português rasgar os contratos.
d) O secretário de Estado da Energia, Dr. Jorge Seguro Sanches, defendeu na Assembleia da República que a exploração de gás em mar é para avançar. As forças vivas e parte substancial da população do Algarve já se pronunciaram sobre a exploração de hidrocarbonetos em mar pelo consórcio Repsol/Partex e recusam esta possibilidade.
e) Acreditamos que o senhor Presidente da Câmara de Loulé, Dr. Vítor Aleixo, na condição de Conselheiro Regional do Algarve deve fazer muito mais do que tem feito até ao momento na defesa de um Algarve Livre de Petróleo e Gás e deve interpelar diretamente e publicamente o senhor Primeiro-Ministro António Costa para que este suspenda imediatamente todos os contratos de prospecção e exploração de hidrocarbonetos no Algarve, em mar e em terra, de forma a tranquilizar definitivamente as populações do Algarve. Não se percebe porque ainda não o fez.
Com os melhores cumprimentos
P’lo Movimento Algarve Livre de Petróleo

sexta-feira, agosto 05, 2016

A CML, O Petróleo, O MALP E A PALP

Já recebi a resposta da Câmara Municipal de Loulé sobre o meu pedido de apoio à causa da luta contra exploração de petróleo e gás no Algarve que consistia em colocar uma avioneta com uma faixa a dizer "Petróleo e gás no Algarve, Não!" a sobrevoar as praias do Algarve no mês de Agosto. A CML passou a bola para a AMAL pois diz que seria a entidade mais adequada para responder ao pedido, em conjunto com os Movimentos Sociais envolvidos. Foi uma boa maneira de me mandar à fava. O senhor presidente da CML informa também que já decidiu em articulação com a PALP colocar três outdoors nas ruas contra a exploração de hidrocarbonetos no Algarve. A PALP teve mais sorte do que o MALP.

segunda-feira, agosto 01, 2016

Sugestão Do MALP, Com Os Políticos Que Temos Só A Vinda Do Papa Francisco Ao Algarve

Sugestão do MALP: - Há quem esteja a sugerir a vinda de Jeremy Rifkin como palestrante a propósito da exploração de hidrocarbonetos no Algarve, um intelectual conhecido na sociologia pela tese bem descredibilizada na comunidade científica de sociólogos do "Fim do Trabalho". Quando o pensamento de Luísa Schmidt, Viriato Soromenho Marques ou Boaventura Sousa Santos não servem e quando temos políticos que teimam em não escutar as populações e apenas se escutam a si próprios eu proponho a vinda ao Algarve para falar da questão ambiental do Papa Francisco. Pode ser que assim alguma esperança divina no futuro possa chegar ao Algarve. E mesmo assim pela leitura da Encíclica "Laudato Si" não sei se nos safamos da exploração de gás em mar. Uma tragédia.

A Exploração De Petróleo No Algarve E A Qualidade Dos Políticos Que Temos

Os políticos que temos (da esquerda à direita) são tão maus, tão maus mas tão maus. E tão aldrabões mas tão aldrabões que conseguiram transformar a revolta das populações no Algarve face à exploração de petróleo e gás na região numa luta da esquerda contra a direita o que é uma redonda mentira. Inacreditável esta notícia de jornal feita à medida de um qualquer acessor de imprensa de um qualquer partido de esquerda. Começa a ser vergonhosa de se ver a intervenção do poder político na gestão do dossier da exploração de hidrocarbonetos no Algarve. Já era indecente pelo seu silêncio mais indecente se torna quando a querem transformar num mero jogo eleitoral assente na manipulação das populações. Já não há palavras. Estou indignadíssimo com o título desta notícia.