sábado, fevereiro 27, 2016

Sobre Um Certo Tipo De Jovens Crentes Do Bloco De Esquerda

Alguns crentes militantes do Bloco de Esquerda fazem da polémica em torno do cartaz do Bloco de Esquerda "Jesus também tinha dois pais" uma questão de divisão entre a "esquerda" e a "direita". Confundir um partido político com um grupo de humoristas ou um cartoonista, já é obra. Querer reduzir as crenças religiosas a uma divisão entre esquerda e direita diz tudo sobre alguns jovens crentes fundamentalistas que tanto mal fazem ao Bloco de Esquerda por estes dias. Como me dizia hoje um teólogo da minha terra. Deixa andá-los que assim deram um tiro nos dois pés. Depois não se queixem. Culpem depois os críticos maledicentes de "dizer mal de tudo e de todos".

Sobre A Grande Canalhice Do Governo Do Dr. António Costa

Uma excelente oportunidade para o movimento social por um Algarve Livre de Petróleo fazer chegar directamente a mensagem ao governo de António Costa que a destruição da região do Algarve pela industria petroquímica é uma grande canalhice.
 

sexta-feira, fevereiro 26, 2016

A PALP, O Género Humano E O Manuel Germano

Ainda sobre uma notícia de jornal por estes dias que diz que A PALP (Plataforma Algarve Livre de Petróleo) "ganha a atenção do governo", é preciso dizer que a PALP não precisa da "atenção do governo". Precisa é que o Dr. António Costa pare imediatamente a prospecção e exploração de petróleo no Algarve. São coisas diferentes. A PALP não é um bébé carente a precisar de "atenção". É preciso não confundir o género humano com o Manuel Germano.

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

Roubado E Calado, Como Gosta O Bloco De Esquerda

Os crentes do Bloco de Esquerda agora quando se critica as portagens da Via do Infante (as portagens aumentaram com o governo PS suportado pelo deputado João Vasconcelos, ou não?) agora dizem que o meu objectivo, passo a citar "é atacar tudo e todos". Quando andaram nas ruas ao meu lado a organizar manifestações contra a Troika e a austeridade era um tipo "corajoso". Agora sou um tipo que "ataca tudo e todos". Enfim, cada povo tem a esquerda que merece. Esta é assim para o tipo oportunista mas é o que temos, paciência. Deixar de dizer o que me vai na alma, é que não. E não são essas formas de ataque pessoal de que aliás, já me habituei à esquerda e à direita que me vão fazer mudar o comportamento. Como dizia o outro, habituem-se.

terça-feira, fevereiro 23, 2016

A Política Como Um Teatro De Sombras



João Vasconcelos, deputado do Bloco de Esquerda a intervir no parlamento sobre as portagens na Via do Infante. Depois de uma argumentação toda desenvolvida em função da abolição da portagens na Via do Infante faz uma pergunta final ao governo que abre a porta à decisão da redução das portagens e até abre caminho à suspensão temporária dessas mesmas portagens. A geringonça é este enredo de conivências mútuas que reduz hoje a política ao teatro. Entretanto, para quem não se lembra, as portagens da Via do Infante aumentaram com este governo PS suportado pelo Bloco de Esquerda.

domingo, fevereiro 21, 2016

A Luta Contra A Exploração De Petróleo No Algarve: A Cidadania Em Movimento


Foi hoje em Faro e o debate esteve em bom nível. A esperança ainda está viva sobretudo porque de forma diferente do movimento contra as portagens da Via do Infante, o movimento e a plataforma por um Algarve Livre de Petróleo não estão (ainda?) colonizados pelos partidos políticos do Algarve (que tudo fazem para não defender o interesse dos cidadãos).

segunda-feira, fevereiro 08, 2016

Ainda Há Portagens Na Via Do Infante?

                                                                 Foto tirada em 8 de Fevereiro de 2015

Há um ano atrás. No tempo em que Jorge Botelho do PS, João Vasconcelos do Bloco de Esquerda e António Eusébio do PS, eram oposição ao governo PSD/CDS e se juntavam em manifestações anti-portagens na Via do Infante. Agora que são poder ou que se passeiam junto do poder, mal se fazem ouvir sobre as injustas portagens da Via do Infante. Um quase-silêncio favorável às concessionárias privadas das PPP que lucram com o negócio. Obviamente.

sábado, fevereiro 06, 2016

Obedientes e Bem Comportados, Como Tem Sido A Regra

Um ponto de ordem nas ideias: Pergunta 1: Este governo é muito melhor do que o ex-governo da direita radical que quase destruiu Portugal e a vida dos portugueses? Resposta: Sim, este governo é muito melhor do que o governo da direita radical, a roçar o fascismo, que quase destruiu Portugal e a vida dos Portugueses. Pergunta 2: Este governo virou a página da austeridade? Resposta: Não, este governo não virou a página da austeridade. Este governo pratica um outro tipo de austeridade aliviando a carga austeritária sobre os tradicionais mártires da austeridade. Pergunta 3: Este governo fez uma mudança de fundo em relação ao caminho destrutivo imposto pela Troika e pela Europa comandada pela senhora Merkel a partir de Bruxelas? Resposta: Não, este governo não fez uma mudança de fundo em relação aquilo que são as políticas opressivas e destrutivas para a maioria dos povos da Europa inscritas no Tratado Orçamental, nem sequer fala da necessária restruturação da dívida e limitou-se a fazer um orçamento de obediência à Europa que vai no sentido do reforço das desigualdades de classe inscritas na arquitectura política europeia. Há razões para festejar? Talvez seja de festejar o melhor que nada. A capitulação à ditadura do capital financeiro internacional suportada pela grande burguesia internacional parece ser a trajectória vencedora em toda a linha. Obedientes e bem comportados, como tem sido a regra.

Sobre O Neoliberalismo Entranhado Nas Mentes E Nos Corpos

Exausto. Dores no corpo. Dores de cabeça. Centro de Saúde de Loulé. 15,45 euros de taxa moderadora. Assalto. Os gestores das unidades privadas de saúde devem rir a bom rir. Os doentes que lá deixaram de ir é que não devem achar muita piada. Que saudades do tempo em que as esquerdas lutavam por um sistema de saúde público, universal e gratuito.

quinta-feira, fevereiro 04, 2016

Quanto Tempo Vai Durar A Tentativa Da Quadratura Do Círculo Em Portugal?

Parece que a austeridade de "esquerda" na Grécia é um sucesso e o aparelho repressivo de Estado bate sem dó nem piedade em quem não concorda com ela. Por cá, em Portugal, os crentes na austeridade doce começam a acreditar na quadratura do círculo e o PCP e o Bloco de Esquerda já aceitam jogar o jogo da política dentro das regras do Tratado Orçamental. Uma tragédia.
 

Sobre A Exploração De Petróleo No Algarve: Um Governo De Canalhas Que Quer Destruir O Território Algarvio

Resposta do Governo de António Costa às perguntas do PCP sobre a exploração de petróleo no Algarve. A exploração de petróleo no Algarve é para avançar. Uma tragédia. O governo socialista suportado pelas esquerdas está determinado em destruir o território do Algarve e os algarvios só têm uma coisa a fazer em nome da reciprocidade. Destruir o mais rapidamente possível o governo de António Costa.

quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Ainda Sobre O Fim Da Social Democracia Na Europa

Ver o PCP e o Bloco de Esquerda a aderirem à naturalização das imposições de Bruxelas em torno do Tratado Orçamental é sinal que o "there is no alternative" ganhou em toda a linha. Aceitando as regras do Tratado Orçamental e fazendo política em função destas mesmas regras acabou a social-democracia. Fim.