terça-feira, agosto 29, 2017

Exmo Senhor Deputado João Vasconcelos

Exmo Senhor Deputado do Bloco de Esquerda,
João Vasconcelos
 
Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido do senhor deputado apoia e suporta, e tendo em conta que o Bloco de Esquerda se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, juntando-se inclusivamente já por várias vezes aos manifestantes nas ruas, venho por este meio indagá-lo sobre que medidas concretas no parlamento vai o Bloco de Esquerda levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o segundo trimestre de 2018.
 
Agradeço desde já a sua atenção
 
P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
João Eduardo Martins

A Concepção De Democracia Do Bloco de Esquerda

Perguntei à senhora deputada Catarina Martins, do Bloco de Esquerda, na sua correspondência online de deputada, o que iria fazer para travar o furo petrolífero de Aljezur e o parvo do deputado do Bloco de Esquerda aqui do Algarve não lhe ocorreu mais nada do que rir da minha pergunta nas redes sociais. Esta inigualável capacidade que eu tenho para atrair parvos na minha vida é admirável. Que triste concepção de democracia a desta gente.

PALP Organiza Debate Sobre A Exploração De Petróleo Em Faro

O Consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur para daqui a meia dúzia de meses. Mesmo com o Presidente e o administrador da Galp (ex-secretário de Estado de José Sócrates) constituídos arguidos no caso GalpGate, a GALP não desiste da intenção de destruição da região do Algarve com a exploração de petróleo. O governo de António Costa está do lado das petrolíferas e autorizou o furo em Janeiro de 2017. Dia 1 de Setembro, em Faro, a PALP organiza mais um debate.
 

domingo, agosto 27, 2017

Exma Senhora Deputada Catarina Martins

Exma Senhora Deputada do Bloco de Esquerda,
Catarina Martins

Tendo em conta a autorização da prospecção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017 pelo governo do Dr. António Costa, governo que o partido da senhora deputada apoia e suporta, e tendo em conta que o Bloco de Esquerda se diz contra a exploração de petróleo na costa do Algarve e do Alentejo, juntando-se inclusivamente já por várias vezes aos manifestantes nas ruas, venho por este meio indagá-la sobre que medidas concretas no parlamento vai o Bloco de Esquerda levar a cabo para travar este crime político de enormes consequências ambientais e sociais, uma vez que o consórcio GALP/ENI anunciou o furo de Aljezur já para o segundo trimestre de 2018.

Agradeço desde já a sua atenção

P'lo Movimento Algarve Livre de Petróleo
João Eduardo Martins

O Dom De Atrair Parvos

Nos últimos tempos descobri aquilo que parece uma constante na minha vida. Tenho o dom de atrair parvos. O último parvo que veio até mim foi este fim-de-semana, junto à festa da rentrée do PS, a quando do protesto contra a exploração de petróleo em Faro. É um desses tristes militantes que são metidos num qualquer comboio que vem carregado desde o norte do país e que volta de regresso embarcado assim que acaba o comício. Este disse-me que era um Alentejano de Beja. Não era de Évora mas sim de Beja. Perguntou-me se andava de carro (pergunta típica dos parvos que defendem a exploração de petróleo). Respondi-lhe que sim. Depois perguntou-me se comia carne ao que acenei afirmativamente com a cabeça. Depois passou ao ataque que era aquilo ao que vinha. Que eu tinha que ser coerente e tinha que haver moral porque comer carne era pior do que explorar petróleo. Deixei-o a falar sozinho e fui chamar a polícia para a avisar que havia ali provocadores. É que com um Alentejano de Beja ninguém se mete. Quem se mete com um Alentejano de Beja, leva.

Cidadania Atrás Das Grades

Protesto contra a exploração de petróleo na festa da rentrée do PS. Tudo muito bem programado. Os manifestantes postos atrás das grades bem abaixo do local do protesto. Uns carros estacionados ilegalmente em cima do passeio entre os manifestantes e o local da festa. A policia a seguir zelosamente os meus passos e a impedir-me de colocar os cartazes com as mensagens anti-petróleo e anti-geringonça onde o maior número de pessoas as pudessem ver. Os media a fazerem de conta que ninguém protestava e a fazerem o jogo do poder que está. Dos movimentos anti-petróleo o Tavira em Transição nem vê-lo. A PALP com mais que fazer do que incomodar o Dr. António Costa. A ASMAA nem vê-la. Sobra o grupo STOP Petróleo Vila do Bispo que é quem não olha a cores partidárias nesta luta. Há silêncios e inacções que se pagam caro. Tivessem ouvido hoje o Senhor Primeiro-Ministro António Costa e a sua fé na economia do mar e talvez ficassem preocupados com o que está para acontecer. Em frente, que a luta faz-se sempre com quem está. Em breve haverá notícias de mais protestos. Este crime político não ficará impune. PS: Esqueci-me, o João Camargo do Bloco de Esquerda também não o vi por lá. Aliás, ultimamente não se dá por ele. Também havia uma coisa chamada Futuro Limpo mas parece que era só contra o petróleo mau do PSD. Com o petróleo bom da Geringonça é óbvio que se justifica a sua extinção. O futuro com o governo da geringonça é naturalmente limpo.

A Endogamia Sempre Foi Inimiga Da Competência

Que o senhor Presidente da Câmara, o Dr. Vítor Aleixo, gaste rios de dinheiro na Noite Branca para dar circo ao povo em véspera de eleições, eu até já dou de barato, pois já nem voto. Agora chegar a casa e ter a água canalizada cortada sem aviso prévio é que já é abuso de poder e não há direito. É o que dá o Senhor Presidente pôr o seu familiar a gerir a vida dos cidadãos da cidade. A endogamia nunca foi amiga da competência. E agora como é que eu vou tomar banho e cuidar da alimentação dos meus filhos senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé? O corte da água na sua rua é para durar? Pergunte lá ao seu familiar que manda nas águas do concelho.

sexta-feira, agosto 25, 2017

Novidades Da Luta Anti-Petróleo No Algarve

Novidades da luta anti-petróleo. Os geringonços já não se limitam a controlar alguns dos seus jornais locais e regionais. Agora passaram à fase do ataque nas redes sociais aos editores de jornais locais que se atrevem a divulgar a causa dos movimentos por um Algarve Livre de Petróleo nos seus meios de comunicação. Isto está cada vez mais parecido com a Venezuela de Nicolás Maduro. A imprensa livre e independente que se cuide. Esta gente não olha a meios para atingir os fins.

Manigâncias E Enganos De Ocasião

“Agora que o consórcio Galp/ENI confirmou a sua intenção de esburacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo de a população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da ‘geringonça’ e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur”, acentua João Eduardo Martins, do Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP)"
 

Insuportabilidades

Há duas coisas mais ou menos insuportáveis por estes dias nas redes sociais. Uma delas, é o fundamentalismo dos animalistas que inverte por completo a hierarquia valorativa do reino dos seres vivos (e não, não falo dos defensores dos direitos dos animais). A outra, é essa espécie de seres humanos que nos desrespeita (quando não nos humilha e maltrata) durante um ano inteiro e que agora temos que suportar nas redes sociais porque querem chegar a reis da freguesia e das câmaras municipais. Nem uma coisa nem outra já se aguenta. Pior que isto só o regresso dos programas dos comentadores de bola a certos dias da semana. Haja alguma paciência em nome de uma suposta ideia de democracia que de facto hoje até tenho algumas dúvidas de que exista.

quinta-feira, agosto 24, 2017

Não Há Dinheiro, O Que É Que Ainda Não Perceberam?

Dia de cuidar da saúde do pequenote. Entrada nas urgências de pediatria do Hospital de Faro às 16h. Atendimento às 19h. Três horas de espera nas urgências com um puto de 8 anos doente. Aguenta a geringonça que é distintivo. Reclamação feita e ainda tempo para assistir a um magistral episódio na sala de espera. Uma criança deitada num banco vomita. A mãe acode o miúdo e limpa a cadeira como pode com um guardanapo de papel. Vou falar com o segurança que me diz já ter avisado lá dentro. Cinco minutos depois sem aparecer ninguém para a limpeza e desinfeção vou falar ao guichet de atendimento. A senhora que lá está a trabalhar informa-me delicadamente que logo que tiver "alguém disponível" a limpeza far-se-á. Até à hora de me vir embora parece que ainda não havia "ninguém disponível". O princípio da gestão dos serviços de pediatria no tempo da geringonça parece ser o de que o que os olhos não vêem o coração não sente. Por sorte quando me vim embora a cadeira do vómito ainda estava vazia. Uma geringonça. Não há dinheiro, o que é que ainda não perceberam?

terça-feira, agosto 22, 2017

Populistas São Os Outros

O Bloco de Esquerda Algarve bateu no fundo. A demagogia e o populismo estão ao rubro. Cuidado com este artista. Uma parte do seu vencimento e do Presidente da Câmara para combater a pobreza e a exclusão. Esta é a proposta deste geringonço. Perdeu a vergonha.
 
É este o texto do candidato João Vasconcelos, líder do Bloco Algarve e candidato à
Câmara de Portimão:
 
"Medida imediata a implementar em Portimão com a vitória da candidatura do povo "Portimão em Boas Mãos!" (Bloco de Esquerda) nas eleições autárquicas de 1 de outubro:
Canalizar uma parte dos vencimentos do Presidente de Câmara e dos Vereadores do Bloco para ajudar a combater a pobreza e a exclusão social no concelho.
Esta proposta também funciona como um repto a todas as outras candidaturas em Portimão. Vamos ver quem tem a coragem de também assumir esta proposta. Mas atenção: quem promete terá de cumprir, nada de políticos mentirosos.
O Bloco cumpre o que promete!"

quinta-feira, agosto 17, 2017

Protesto Contra A Exploração De Petróleo Na Festa De Rentrée Do PS

"Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve."
 

Quantas Pessoas São Precisas Para Que Um Acontecimento Tenha Relevância Jornalística?

A blogosfera a servir de substituto funcional para aquilo que deveria ser um trabalho imperativo das televisões portuguesas. Divulgar os protestos contra a exploração de petróleo a partir da praia de Odeceixe. As televisões avisadas do acontecimento, faltaram. Parece que os senhores jornalistas perderam a noção do que é fazer serviço público. Estaremos perante um brutal controlo da informação por parte do Governo e das petrolíferas?
 

segunda-feira, agosto 14, 2017

Comunicado De Imprensa - Movimento Algarve Livre De Petróleo

Comunicado de Imprensa - Movimento Algarve Livre de Petróleo

Assunto: Protesto contra a exploração de petróleo no Algarve, 26 de Agosto, em Faro
 
Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve.
Agora que o consórcio GALP/ENI confirmou a sua intenção de esburacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo da população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da Geringonça e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur.
É hoje muito claro que boa parte da população do Algarve não quer a exploração de petróleo no seu território. Não quer o furo de Aljezur. O Movimento Algarve Livre de Petróleo apela mais uma vez a todos os que têm lutado afincadamente contra a intenção de destruição do território do Algarve pela indústria petrolífera, que se juntem neste dia, junto do Dr. Costa, para que este escute as populações que aqui habitam de uma vez por todas.
O MALP pretende oferecer neste dia o livro de prestígio do Município de Aljezur, ao Senhor Primeiro-Ministro, livro este que foi oferecido a este grupo pelo Presidente da Câmara de Aljezur, Dr. José Amarelinho, no último protesto realizado já este verão nesta mesma localidade. Esta oferta simbólica pretende alertar para o potencial de destruição do património natural da Costa Vicentina, pela indústria petrolífera, a que o Dr. António Costa e o Governo da Geringonça ficarão historicamente associados. O MALP apela à participação de todos, dia 26 de Agosto, às 18h30mn, no Largo da Pontinha, em Faro.
Movimento Algarve Livre de Petróleo

domingo, agosto 13, 2017

Protesto Em Faro Contra A Exploração De Petróleo, Acorda Costa!

Na sequência da autorização da prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017, na costa litoral do Algarve e do Alentejo, pelo governo da Geringonça (PS suportado por BE, PCP e Verdes) e liderado pelo senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vai aproveitar a presença do Senhor Primeiro-Ministro, em Faro, no dia 26 de Agosto, Sábado, pelas 18h30mn, para levar a cabo mais um protesto contra a exploração de petróleo no Algarve. Agora que o consórcio GALP/ENI confirmou a sua intenção de escavacar a costa litoral do Algarve, daqui a uns poucos meses, em 2018, pondo em risco a sustentabilidade ecológica da Costa Vicentina, é tempo da população do Algarve elevar o grito de revolta e dizer bem alto ao Governo da Geringonça e seus apoiantes que basta de manigâncias, de faz de conta, e de enganos de ocasião, que apenas servem para iludir as populações e não travaram ainda o furo de Aljezur. É hoje muito claro que boa parte da população do Algarve não quer a exploração de petróleo no seu território. Não quer o furo de Aljezur. O Movimento Algarve Livre de Petróleo apela mais uma vez a todos os que têm lutado afincadamente contra a intenção de destruição do território do Algarve pela indústria petrolífera, que se juntem neste dia, junto do Dr. Costa, para que este escute as populações que aqui habitam de uma vez por todas. O MALP pretende oferecer neste dia o livro de prestígio do Município de Aljezur, ao Senhor Primeiro-Ministro, livro este que foi oferecido a este grupo pelo Presidente da Câmara de Aljezur, Dr. José Amarelinho, no último protesto realizado já este verão nesta mesma localidade. Esta oferta simbólica pretende alertar para o potencial de destruição do património natural da Costa Vicentina, pela indústria petrolífera, a que o Dr. António Costa e o Governo da Geringonça ficarão historicamente associados. O MALP apela à participação de todos, dia 26 de Agosto, às 18h30mn, no Largo da Pontinha, em Faro!
 

quinta-feira, agosto 10, 2017

João Vasconcelos, O Deputado Aldrabão

O deputado João Vasconcelos do Bloco de Esquerda é um grande aldrabão e acha que vale tudo na política, julgando que os fins justificam todos os meios. Acaba de me acusar de mentiroso porque escrevi que o Bloco de Esquerda apoia e suporta o governo que autorizou a prospecção de petróleo ao largo de Aljezur, em Janeiro de 2017 (alguém que me desminta). O senhor deputado do Bloco de Esquerda está plenamente convencido de que uma mentira repetida vezes sem conta é equivalente à verdade. Mais um bom aldrabão politiqueiro que confunde o fazer política com as arruaças em que se especializou. Um belo exemplar para a dignificação e para a nobreza da política.

quarta-feira, agosto 09, 2017

A Hipócrisia Política Do Bloco de Esquerda Sobre A Prospeção de Petróleo No Algarve

O que Marisa Matias não disse, é que o Bloco de Esquerda apoia e suporta o Governo que autorizou a prospecção de petróleo em Aljezur, em Janeiro de 2017. A hipocrisia política desta gente é total.
 

terça-feira, agosto 08, 2017

Sobre A Grande Traição De Tsipras E A Morte Das Esquerdas Na Europa

"É cada vez mais complicado encontrar alguém que faça um balanço positivo dos dois anos de governação do Syriza, seja à esquerda ou à direita. No que concerne “ao objetivo de colocar um fim à austeridade”, o governo do Syriza “falhou espetacularmente”, declara Tsatsanis. Zarotiadis acrescenta que, em consequência do falhanço do Syriza, “se assiste à continuação do aprofundamento da doutrina neoliberal aplicada no país nos últimos anos”."
 

segunda-feira, agosto 07, 2017

A Pós-Verdade Na Imprensa Regional

Depois de Vítor Aleixo ter escrito no seu facebook que os presidentes de Câmara agora "decidem" sobre a prospecção e exploração de petróleo, é a vez de um jornal regional reproduzir a falsidade destacando a ideia que Vítor Aleixo promete vetar a exploração de petróleo no Concelho de Loulé. Ora, Vítor Aleixo, não pode "vetar" coisa nenhuma pois a alteração à legislação promulgada por Marcelo Rebelo de Sousa apenas atribui um poder consultivo aos Municípios e Presidentes de Câmara e não lhe atribui poder decisório. Eu sei que estamos em período de eleições mas querem mesmo alguns dos jornais locais também contribuir para a pós-verdade?
 

Exploração De Petróleo No Algarve, Reposta A Verdade Dos Factos

O que disse Vítor Aleixo no seu facebook é uma coisa. O que diz a candidatura de Vítor Aleixo (em clara reacção à crítica do MALP) é outra coisa já diferente. Nesta questão da exploração do petróleo confundir em vez de clarificar, tal como fez Vítor Aleixo no seu facebook, pode render muitos votos, mas não ajuda nada na luta contra a destruição do Algarve pelo governo de António Costa e pelas petrolíferas.
 

Portugal Não Era A Grécia E A Geringonça Não É O Syriza

Os "esquerdistas" encartados (com especial destaque para BE e PCP) não precisam de se preocupar. Tal como Portugal não era a Grécia, a Geringonça não é o Syriza. De certeza absoluta. A ler, o artigo de Ana Sá Lopes.
 

domingo, agosto 06, 2017

Comunicado de Imprensa - Movimento Algarve Livre de Petróleo

Comunicado de Imprensa – Movimento Algarve Livre de Petróleo
Data: 05/08/2017

Assunto: Vítor Aleixo falta à verdade aos Munícipes sobre a exploração de petróleo no Algarve
 
O Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vem por este meio denunciar publicamente, em nome da verdade dos factos, que o autarca Vítor Aleixo, Presidente da Câmara Municipal de Loulé, faltou à verdade aos munícipes, sobre a exploração de petróleo no Algarve. Ao afirmar no seu facebook que, e passamos a citar “E como a partir de agora os presidentes de câmara são quem decide fica desde já declarado que comigo Nunca Haverá Exploração de Petróleo na área de jurisdição do Município de Loulé”, o autarca mente descaradamente uma vez que as alterações aprovadas pelo senhor Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ao decreto lei nº 109/94, de 26 de Abril, apenas garantem a obrigatoriedade da consulta prévia aos Municípios sobre a pesquisa e exploração de petróleo e em nenhum momento se garante a vinculação dos resultados da consulta aos autarcas e municípios ao processo decisório que continua a ser da responsabilidade do Estado Central e do governo. Em nome do esclarecimento público e da transparência democrática, o Movimento Algarve Livre de Petróleo (MALP) vem apelar ao responsável máximo da AMAL (Comunidade Intermunicipal do Algarve), Dr. Jorge Botelho, que esclareça a população do Algarve se a consulta aos Municípios é vinculativa no processo de decisão sobre a prospecção e exploração de petróleo ou se afinal se trata de um mero processo consultivo tal como o MALP o interpreta. Numa questão com a importância desta para a região é do interesse público que não se deixe instaurar a pós-verdade, as ambiguidades políticas intencionais e a mentira pública aceite sem discussão.

Movimento Algarve Livre de Petróleo

sábado, agosto 05, 2017

Vítor Aleixo Mente Aos Munícipes Sobre A Exploração De Petróleo No Algarve

Acabo de ler uma redonda mentira de Vítor Aleixo (no seu facebook) aos munícipes louletanos que sem pudor e vergonha anuncia publicamente a falsidade de que a partir de agora os Presidentes de Câmara decidem sobre a exploração de petróleo. Ora a nova legislação sobre a exploração de petróleo o que diz é que os Presidentes de Câmara são obrigatoriamente consultados e que o resultado dessa consulta é agregado ao processo para posterior decisão governamental. São estes mesmos artistas alguns dos principais criticos de Trump e da pós-verdade. A falta de vergonha é, hoje, rainha da política.
 

quinta-feira, agosto 03, 2017

Sobre O GALPGATE E A Exploração De Petróleo Em Aljezur

É preciso esclarecer tudo. E esclarecer tudo é saber que tipo de relação existe (ou não) entre as viagens pagas pela GALP a governantes, autarcas e deputados e a autorização da propeção de petróleo em Aljezur em Janeiro de 2017. Recordamos que as viagens foram pagas antes da autorização do furo de Aljezur. Não sabemos se estamos perante um caso de corrupção mas o conflito de interesses entre o Governo de Costa e a Galp, é muito óbvio. Esperemos que o Ministério Público investigue e que os jornalistas façam o necessário escrutínio.