sexta-feira, setembro 18, 2015

Comunicado de Imprensa nº 1 – Protesto Em Faro Em Defesa Do Ensino Artístico E Pelo Acesso Democrático À Cultura

Data: Loulé, 18 de Setembro de 2015
O Movimento de Cidadãos Em Defesa Da Escola Pública De Loulé vem através deste comunicado de imprensa denunciar a monumental trapalhada do Ministro Nuno Crato e do Governo do Dr. Pedro Passos Coelho, resultante dos brutais cortes no ensino artístico anunciados a pouco mais de uma semana do começo do presente ano escolar.
Em Julho de 2015, no final do ano lectivo transacto centenas de alunos na região do Algarve foram fazer provas de aptidão musical, sujeitaram-se a entrevistas de acesso ao ensino artístico especializado, no âmbito do ensino articulado oferecido pelas escolas públicas (por exemplo, no Agrupamento de Escolas Padre João Coelho Cabanita e Agrupamento de Escolas Engenheiro Duarte Pacheco, em Loulé e Boliqueime) e foi com uma enorme satisfação que viram os seus resultados positivos nas provas de acesso ao ensino artístico.
Este movimento de cidadãos considera que o defraudar de expectativas das famílias e a destruição dos sonhos e projectos destas crianças não pode ser silenciado e vem por este meio denunciar veementemente a malfeitoria feita pelo Ministério de Nuno Crato que só a meia dúzia de dias das aulas iniciarem informou da retirada de apoios financeiros ao ensino artístico, agindo de má-fé e lançando centenas de crianças, encarregados de educação e professores, da região do Algarve, na maior instabilidade e incerteza.
Considerando estar neste momento em risco a formação de centenas de jovens no início deste ano lectivo e estando comprometida a aprendizagem futura de uma formação cultural e artística digna, consagrada como direito na Constituição da República Portuguesa, o Movimento de Cidadãos Em Defesa Da Educação Pública de Loulé dá a conhecer à imprensa local, regional e nacional, o seu apelo a todos os cidadãos residentes no Algarve, movimentos sociais em defesa da educação e da cultura, sindicatos, partidos políticos, associações cívicas e culturais da região para que compareçam em protesto dia 21 de Setembro à porta da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve, em Faro, pelas 18h30mn, com o objectivo de entregar pessoalmente um manifesto ao Senhor Primeiro-Ministro Pedro Passos Coelho e ao Senhor Vice-Primeiro Ministro Paulo Portas a exigir o financiamento devido ao ensino artístico e a garantia aos portugueses do acesso à cultura e à aprendizagem das artes, em condições dignas.
O ensino artístico não é um luxo, não deve ser destinado apenas às elites e é fundamental para o desenvolvimento económico e cultural de um país que se quer civilizado. O Movimento De Cidadãos Em Defesa Da Educação Pública Da Cidade De Loulé informa assim todos os portugueses que vai dar música ao Ministro Nuno Crato. Quando os direitos dos cidadãos estão a ser brutalmente violados é preciso dar largas à indignação, e acordar.
O Movimento de Cidadãos Em Defesa Da Escola Pública De Loulé
João Eduardo Rodrigues Martins
Joel Félix de Brito
Ana Catarina Rodrigues
Elsa Maria Frederico
Fernanda Firmino

Sem comentários: