domingo, dezembro 11, 2016

Da Higienização Pública

Durante anos a fio o subsolo da Gare do Oriente serviu de abrigo a dezenas de seres humanos a quem pouco mais restava do que a protecção do frio e da chuva que fica nos subterrâneos construídos para ligar a cidade de Lisboa à nova catedral do consumo, o Centro Comercial Vasco da Gama. Parece que não há mesmo lugar ao de cimo da terra para quem perdeu utilidade social para o sistema que nos consome. De volta à cidade, portanto. Terrível. Um acto criminoso de higienização pública por parte do governo local num contexto de governação da geringonça. A estratégia política é clara. Longe da vista, longe do coração.
 

Sem comentários: