segunda-feira, maio 02, 2016

A AMAL Continua A Enganar Os Algarvios Sobre A Exploração De Petróleo E Gás Natural No Algarve

Vou voltar a insistir nisto porque o silêncio é o pior dos inimigos nestas situações. Não serve de nada fazer acampadas, assembleias populares e outros protestos e manifestações de todo o tipo, se os políticos não nos ouvirem e aparentemente não nos ouviram. Fazer que se ouve não é a mesma coisa que escutar e agir em conformidade. Altamente preocupantes as declarações de Jorge Botelho, responsável político máximo da AMAL (concentrado nas explorações de hidrocarbonetos em terra e desvalorizando a exploração em mar); preocupantes as perguntas do jornalista que direcionam para o desviar de atenções das explorações em mar e preocupantes as declarações de um representante da PALP que aparentemente adere à visão oficial e poítica de não resistir às explorações em mar. Isto tudo no jornal Público de 1 de Maio. Se não enfrentarmos o poder político (independentemente da sua cor) e remarmos todos para o mesmo lado, mais vale emigrar já, sobretudo quem não gosta de tomar banho em águas do mar altamente contaminadas.

Sem comentários: