terça-feira, maio 06, 2014

Câmara Municipal De Loulé Trata Os Cidadãos Como Lixo

Ex.mo Senhor Presidente da Junta de Freguesia de São Clemente,
 
Data: 06/05/2014
 
Venho por este meio mostrar o meu profundo desagrado e descontentamento pela forma como o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Loulé, o senhor vereador responsável pela salubridade e espaços verdes resolveu instalar a meia dúzia de metros da porta da cozinha da minha casa, uma infraestrutura de depósito do lixo. Sem consulta alguma aos moradores, prevalecendo a lógica do posso, quero e mando, acordei um dia de manhã com o contentor do lixo instalado à porta de casa. A situação agrava-se quando tendo entrado em contacto informal com os responsáveis e me ter sido dito que o problema ia ser equacionado vejo com estupefação a obra a avançar aceleradamente, num acto de má fé, sem o mínimo respeito pelos cidadãos que habitam a moradia em causa. Informa-se também que a situação foi exposta no site público da Câmara de Loulé e aparentemente essa informação foi retida e não publicada naquilo que parece ser uma vontade de não resposta às solicitações dos cidadãos.  Não sendo da competência directa da Junta de Freguesia a resolução deste problema pede-se que dentro da sua esfera de intervenção possa intervir no sentido de relocalizar os contentores do lixo em causa. Num contexto em que as populações estão a ser esmagadas na sua dignidade com brutais cortes de salários, roubos escandalosos nas reformas, destruição dos serviços de educação através do fecho de escolas e amontoamento dos alunos em outras (dos seus filhos entenda-se), destruição dos serviços de saúde pública e do sistema de protecção social a cereja em cima do bolo para que os cidadãos se transformem efectivamente em lixo são os autarcas locais imporem o depósito do lixo a meia dúzia de metros do último reduto que lhes poderia dar ainda alguma dignidade, a sua habitação.

Com os melhores cumprimentos
João Martins

Sem comentários: