quinta-feira, fevereiro 21, 2013

Vão Tomar No Cú

Figuras do PS juntam-se a membros do Governo PSD-CDS em criticar os cidadãos que incomodaram Passos Coelho, Relvas e Macedo levando o protesto onde eles se pensavam refugiados. Uns e outros podem ir “tomar no cú”. Não esperem que os Portugueses se submetam às politicas de austeridade, a retrocessos civilizacionais sem levantarem a voz, sem resistirem, sem tornarem as vidas dos seus responsáveis políticos insustentáveis, com manifestações de rua, com greves … e com música. Os portugueses declaram guerra sem quartel à política de direita. Não cabe aos cidadãos esperar pelas eleições. Cabe ao governo mudar de política ou sujeitar-se escrutínio, pois uma política alternativa é necessária e urgente. Não vivemos tempos “normais”, pelo que não esperem que cidadãos responsáveis e conscientes se “comportem”.

Aqui:
http://blog.5dias.net/

5 comentários:

Anónimo disse...

Jpão mantem-te mas é quietinho e caladinho. Nem penses em aparecer amanhã a fazer figura de urso no jantar de festa do amigo Hélder. Tu e essa meia dúzia de arruaceiros que se mantenham bem longe. Aproveita e vai mas é jantar com o Seruca e com o Graça :):):):):):)

Anónimo disse...

Para o comuna deste blog é sem vaselina. Se este presidente da câmara os tivesse no sitio, já tinha pedido a intervenção da GNR, para pôr o João na ordem. Agora deste para vandalizar a publicidade ao jantar do Hélder. Olha que a publicidade foi devidamente autorizada.

Anónimo disse...

Grândola Vila Morena
Zeca Afonso

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade

Dentro de ti, ó cidade
O povo é quem mais ordena
Terra da fraternidade
Grândola, vila morena

Em cada esquina, um amigo
Em cada rosto, igualdade
Grândola, vila morena
Terra da fraternidade

Terra da fraternidade
Grândola, vila morena
Em cada rosto, igualdade
O povo é quem mais ordena

À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade
Jurei ter por companheira
Grândola, a tua vontade

Grândola a tua vontade
Jurei ter por companheira
À sombra duma azinheira
Que já não sabia a idade

Anónimo disse...

Até amanhã.

João Martins

Anónimo disse...

Vai haver bacanal no final de jantar do Helder? Se sim quero ir.