domingo, julho 31, 2016

Petróleo No Algarve, Os Políticos Contra As Populações

Em resumo: - Depois do debate organizado pela PALP do ponto de vista político nada mudou na luta contra a exploração de petróleo e gás no Algarve. O Senhor Primeiro-Ministro António Costa continua a dizer que os contratos são para cumprir. PSD e CDS defendem claramente a prospeção e exploração de petróleo. A posição do PCP é ultrajante para um cidadão que tenha dois palmos de testa. O Bloco de Esquerda (mesmo com o silêncio de Catarina Martins), os Verdes e o PAN estão do lado das populações nesta luta. Parabéns à PALP por ter organizado o debate porque ajuda a alimentar a controvérsia pública e isso é extraordinariamente importante para a causa se manter viva. Volto a repetir. Esta luta só será ganha se combinar a via institucionalizada (a política e a administrativa e legal) e a via não institucionalizada (protestos, manifestações, acampadas, ocupações, petições, etc). Sem a raiva das populações a ser solta em cima do Governo e dos senhores deputados que teimam em não nos ouvir, a luta está perdida. Os interesses são muito poderosos e a maioria dos senhores deputados e governantes não são pessoas confiáveis na defesa do interesse público. Está na hora da desobediência civil e de soltar a raiva e a indignação para defender as nossas vidas. A escolha é nossa.

Sem comentários:

Enviar um comentário