terça-feira, julho 14, 2015

O Burro De Buridan

Hoje é claro que a luta pelo fim da austeridade implica a luta pela saída do euro. As esquerdas fofinhas e bem comportadinhas que fazem juz ao reforço do esrtereótipo do Portugal dos brandos costumes ou retiram ilações do que aconteceu ao Syriza (o novo PS lá do sítio) ou assumem a sua cumplicidade com a austeridade perpétua e a morte da democracia à escala europeia. Há alturas na História que as escolhas são duras mas há que escolher. Volto a repetir o que tenho dito e escrito em vários sítios. Estamos um pouco à maneira do burro de buridan condenados a escolher entre um fim de horror e um horror sem fim. Eu já escolhi a primeira hipótese. Que cada um faça as suas escolhas mas assuma as consequências.

Sem comentários: