sexta-feira, julho 17, 2015

Confundir Os Desejos Com A Realidade

Este é um artigo interessante pelo que revela na crença ingénua de uma certa esquerda em mudar as instituições europeias a partir de dentro. Mas se esta crença ingénua só confirma a célebre falácia de confundir os desejos com a realidade já o argumento de que a saída do euro conduz ao isolamento e ao "orgulhosamente sós" é um argumento perfeitamente demagógico em sociedades altamente globalizadas. O medo de uma certa esquerda (e a manutenção de certos privilégios de uma certa elite) é hoje o maior obstáculo à libertação do jugo da austeridade. Paradoxalmente, invocando essa certa esquerda, o combate à austeridade.
 

Sem comentários: