sábado, janeiro 27, 2018

Petróleo No Algarve, Um Antro De Corrupção?

“Os cidadãos abaixo identificados também não compreendem como é que o senhor Secretário de Estado da Energia, Jorge Seguro Sanches, autorizou a 8 de Janeiro de 2018, o prolongamento do prazo de prospeção de petróleo ao consórcio ENI/GALP quando o Presidente Executivo da GALP, Carlos Gomes da Silva, foi constituído arguido, na sequência das viagens pagas pela GALP a membros do Governo liderados pelo Senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa.”
 

Sem comentários:

Enviar um comentário