sábado, novembro 28, 2015

Juntos Pelo Clima, O Algarve Sai À Rua

Aqui fica um resumo da minha participação em Tavira este fim-de-semana:
 
"A exploração de petróleo e gás natural no Algarve configura-se como uma mudança paradigmática de consequências potencialmente catastróficas para o desenvolvimento sustentável da região. Os contratos já assinados entre as empresas de exploração petrolífera e o Estado português estão feridos de ilegitimidade democrática uma vez que foram feitos à revelia e nas costas dos cidadãos residentes no Algarve sem ter havido quaisquer discussão pública digna desse nome e sem haver conhecimento da realização de quaisquer estudos imparciais e isentos de impacte ambiental e social. Os partidos políticos, da esquerda à direita, e os políticos, a nível local, regional e nacional, com raríssimas excepções, optaram por uma política de silêncio sobre esta questão, silêncio esse, favorável aos interesses das empresas multinacionais de exploração de Petróleo. Os riscos potenciais para as populações e para o território algarvio desmultiplicam-se em várias dimensões. Riscos ambientais, riscos económicos, riscos sísmicos, riscos sociais. O que fazer para evitar a catástrofe salvaguardando o futuro das próximas gerações?"
 
Por João Martins


Sem comentários: