quarta-feira, junho 17, 2015

Sabiam Que Há Crianças Que Habitam Nos Alunos?

O ano lectivo chegou ao fim. Aleluia, férias para as crianças. O Pedro passou de ano e passou com bons resultados. Mas isso é o que menos conta. O sistema básico de ensino é hoje uma máquina geradora de stress e depressão para os pais, professores e alunos. A escola transformou-se numa máquina contábil de preparação de alunos para resultados finais de exames nacionais e mais grave ainda, uma máquina trituradora de divisão da sociedade em classes, penalizando fortemente os alunos de condição socioeconómica desfavorecida. Não há tempo para aprender; a matéria é dada a correr; os conteúdos curriculares estão totalmente desajustados das capacidades dos alunos; os professores são pressionados para atribuir classificações que se ajustem a uma média imaginada dos exames finais; as turmas têm mais alunos; o experimentalismo pedagógico sem sentido é a norma, faltam massivamente professores no início do ano lectivo; a competição insana pelo resultado foi introduzida desde tenra idade; os directores de escola sofrem instruções insanas do Ministério que insanamente têm que impôr aos professores e a cereja em cima do bolo no primeiro dia de férias dominava o debate educativo uma proposta doentia da CONFAP (Associações de Pais) de encolher as férias das crianças para as transformar mais tempo em "alunos". Ficámos agora a saber que os militares vão vigiar as escolas dos nossos filhos...A escola do Crato nem sequer é mau eduquês. A escola de Nuno Crato é um horror pedagógico dificilmente imaginável há alguns anos atrás (que saudades da Ana Benavente). Discute-se agora a municipalização da educação. Apetece-me dizer. Tirem-me deste filme.

Sem comentários:

Enviar um comentário