segunda-feira, abril 08, 2013

Jogo Perigoso

O residente* Cavaco (não confundir com Presidente) não demitiu o Governo de Sócrates quando devia, não demitiu o Governo Passos Coelho agora que deve e resignou-se a fazer (sempre) a mera gestão do seu bom nome na História. Acossado Passos pelo povo e pela exigência de demissão por um lado e pela burguesia fascista e conservadora da Troika do outro, aflito, foi perturbar o descanso do Senhor residente. O senhor residente apelou como sempre ao "consenso nacional" até numa situação em que o único consenso é entre Passos e ele próprio Cavaco. Agora a Troika quer meter o PS ao barulho para legitimar o caminho do desastre. Mário Soares, o velho rato da Nação já disse a Cavaco que vá ouvir o povo de Boliqueime que eles lá lhe dizem o que lhes vai na alma. A Troika, entretanto aumenta o tom da chantagem ao país e à democracia portuguesa. O povo prepara-se de novo para mostrar quem mais ordena. O jogo está em aberto, é de alta tensão e o euro está por um fio. Acautelem os vossos depósitos.
 
* Residente Cavaco é uma expressão de Carlos Albino, o Homem que pôs a senha da revolução portuguesa no ar.

Sem comentários:

Enviar um comentário