domingo, outubro 11, 2015

Sobre A Derrota Estrondosa Do PS No Concelho De Loulé

Para quem não se apercebeu o PS sofreu uma derrota estrondosa no Concelho de Loulé. E vale sempre a pena perguntar como é que num concelho que nas últimas autárquicas votou maioritariamente socialista se voltou as costas aos socialistas nas eleições legislativas que julgaram quatro anos de dantesca austeridade. Podemos sempre dizer que não é o PS local que foi a jogo mas também podemos considerar que não é bem assim. Vítor Aleixo teve uma alta implicação no apoio à candidatura de António Costa e é claramente um dos grandes derrotados destas eleições. À semelhança do líder socialista à escala nacional o tibutear e ziguezaguear constante à esquerda e à direita, tão depressa organizando palestras com "esquerdistas radicais" e ao mesmo tempo aprovando todos os grandes negócios da direita com um namoro indecoroso ao "arco da governação" é muito provável que lhe saia muito caro em tempos que se aproximam. Os resultados indicam claramente que há uma esquerda à esquerda do PS que já não vai no canto da sereia. Vá a esquerda do PS a jogo nas próximas eleições autárquicas em Loulé e a política além da esquerda e da direita arrisca-se a ir à vida. Para estar a votar na cópia as pessoas preferem sempre votar no original. Um dia destes, na rua, encontrei o ex-candidato Hélder Martins e disse-lhe isto claramente: - Para estes andarem a fazer o que estão a fazer mais valia ter sido o meu amigo a ganhar as eleições. Ao menos tinha jeito para o negócio. Rave Party à janela da autarquia só podia dar mau resultado.

Sem comentários:

Enviar um comentário