sábado, junho 30, 2018

Os Vendilhões Do Tempo

"Na sua obtusidade em prol do «progresso», as autoridades e executivos que têm gerido o Algarve demonstraram uma cegueira confrangedora, não reparando sequer, que habitavam num lugar raro, com uma das maiores concentrações de valores ambientais e estéticos em todo o mundo. Esta circunstância inconcebível explica-se, sobretudo, pela inata e total falta de respeito e de amor pela terra que sempre revelaram. A Câmara Municipal de Loulé, em mais este caso deplorável de ofensiva contra o que de pouco ainda resta de incólume na sua zona de administração, insiste na mesma receita, ignorando o doloroso histórico de barbárie que tem desabado sobre esta terra. Foram demasiadas décadas para ainda não se ter aprendido com os erros cometidos."
 

Sem comentários:

Enviar um comentário