segunda-feira, novembro 28, 2016

Requiem Pelo Serviço Público de Saúde Em Portugal

Entrada com o pequenino nas urgências do Centro de Saúde de Loulé. Clientela a abarrotar. Pergunto o tempo de espera. Respondem-me quatro horas. Pergunto o número de médicos. Dois médicos. Dizem-me que está a ser um dia complicado. Que estão muitos utentes "lá dentro". À minha frente uma utente preenche o livro de reclamações. Decido que não vou deixar uma criança doente a esperar quatro horas. Vou para o Hospital Privado. Dou entrada assim que chego. O atendimento é personalizado, cuidado, de qualidade. À saída pago bem e nem refilo (já estou vacinado). O valor é quase o mesmo da taxa moderadora para adultos nos Serviços Públicos de Saúde. Era ontem capa do Correio da Manhã que o governo está a esconder mais de 5 mil milhões de euros no Orçamento de Estado que não diz onde os vai aplicar. Tenho quase a certeza absoluta que é para resgatar o Sistema Público de Saúde. Que viva a geringonça.

Sem comentários:

Enviar um comentário