domingo, novembro 27, 2016

A Quadratura Do Círculo

Uma interessante entrevista de Catarina Martins. No geral estou de acordo com o que escreve estando em total desacordo com a sua prática política que é totalmente ao arrepio do caminho que aqui defende neste artigo. Submetida à quadratura do círculo do PS de Costa que obedece incondicionalmente às políticas de Bruxelas; seguindo as políticas de desastre do Tratado Orçamental; falando de vez em quando na renegociação da dívida sem nada fazer para a renegociar; silenciando os contratos PPP que minam os recursos públicos; apoiando um governo que salva a banca e os banqueiros com os recursos públicos e o dinheiro dos contribuintes; o Bloco de Esquerda e o PCP encontram-se num beco sem saída. São as tais "contradições insanáveis" de que fala Jerónimo de Sousa. Acresce que se de início haveria duvidas se seria o PS de Costa a engolir o Bloco de Esquerda e o PCP, hoje é muito claro de que foi isso que aconteceu. As últimas sondagens vieram colocar o Bloco de Esquerda e o PCP em maus lençóis. Se seguem o caminho da submissão a Bruxelas (com a habitual gritaria pelo meio) perdem grande parte da confiança do seu eleitorado. Se rompem o acordo da geringonça serão acusados de ter entregue o poder à direita. São os custos de suportar um governo que de facto não rompeu com o terrorismo político que vem de Bruxelas e que mais cedo que tarde irá rebentar em cima de nós com estrondo. Sempre a maldita da "realidade". Sempre a atrapalhar aquilo que são as nossas boas ideias. Em breve, num cinema próximo de si.
 

Sem comentários: