sexta-feira, agosto 07, 2015

Eleições Sem Democracia

Eleições sem democracia. Recuso-me a votar. Passem bem. Comam tudo e não deixem nada. Empanturrem-se. Comprem a terra, a lua e o mar, a morte e a eternidade. Sejam muito felizes. Com o meu voto não contam. Quando voltarmos ao jogo da democracia e recuperarmos a soberania nacional, avisem. E sim, esta é uma decisão (a minha) bem ponderada e consciente das suas implicações.
 

Sem comentários: