segunda-feira, março 30, 2015

Plataforma Algarve Livre de Petróleo

Um grupo de associações defensoras do Ambiente anunciou hoje que constituiu a Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP), estrutura que traçou como principais objetivos a defesa de uma região sustentável e a oposição à exploração local de petróleo. Os integrantes desta Plataforma são o grupo informal de cidadãos Glocal-Faro, Movimento Algarve Livre de Petróleo, Quercus - Associação Nacional de Conservação do Ambiente, Almargem - Associação de Defesa do Património Cultural e Ambiental do Algarve, SPEA - Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, Peace and Art Society e News Loop. Num comunicado conjunto divulgado hoje, aquelas estruturas anunciaram a criação do "movimento social Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP)", em março, mas sublinharam que a iniciativa está "aberta" à participação e envolvimento de quem queira juntar-se "à defesa de um Algarve sustentável e contra a exploração de petróleo".
 

Sem comentários: