quinta-feira, março 24, 2016

Desqualificar As Pessoas Para Desqualificar As Suas Idéias, Uma Estratégia Soviética

Ultimamente tenho sido alvo da maledicência de alguns defensores deste governo de esquerda que defendem a ideia (veículada habilidosamente através do rumor) que a minha crítica ao actual governo deve-se ao facto de eu ser um tipo que só sabe falar mal de tudo e de todos. A minha critica ao inaceitável aumento do preço das portagens da Via do Infante pelo governo PS seria assim porque gosto de falar mal de tudo e de todos. A minha crítica à destruição da região do Algarve (vai ser uma catástrofe) pela indústria petrolifera com o aval do governo PS é porque gosto de falar mal de tudo e de todos. A minha crítica à violência de Estado sobre os ilhéus via governo PS seria porque gosto de falar mal de tudo e de todos. E por exemplo a minha crítica à estratégia suicidária (suicidária para o país obviamente) do governo PS em silenciar a renegociação da dívida (com uma certa conivência do BE e do PCP) seria porque porque gosto de falar mal de tudo e de todos. Mas não arranjam melhor estratégia de desqualificação da minha crítica sem passar pela desqualificação da minha pessoa? É que já enjoa tanta falta de ética na política.

Sem comentários: