domingo, janeiro 03, 2016

Voto Em Branco, Para Honrar A Democracia

Cada vez mais me inclino para o voto em branco nas próximas eleições presidenciais. Marcelo Rebelo de Sousa é a continuação de Cavaco Silva por outros meios, significa a podridão do regime. António Nóvoa, para quem me inclinei à partida, depois do escândalo do resgate ao BANIF, demonstrou que não é candidato para romper com o actual estado de coisas e é o candidato do PS que não quer bater o pé à Europa. Maria de Belém é a mesma coisa que continuar a votar em Pedro Passos Coelho. Paulo Morais tem o enorme mérito de pôr em cima da mesa um problema que mina de alto a baixo o sistema democrático, a corrupção no topo do aparelho de Estado, mas é a favor do Tratado Orçamental que esmaga os portugueses. Edgar Silva que é contra o grande roubo do BANIF pelo governo suportado pelas esquerdas afinal votaria a favor do orçamento retificativo proposto pelo governo que legalizou o roubo e Marisa Matias, diz que não é de acordo com a salvação da banca privada pelos contribuintes mas apoia o governo que roubou mais uma vez os contribuintes com a mão direita do Dr. Passos Coelho. Os outros candidatos não contam. O voto em branco é a maneira que encontro de honrar a democracia saída do 25 de Abril de 1974. O voto conquistou-se com muito sangue, suor e lágrimas.

Sem comentários: