terça-feira, novembro 22, 2022

A Sociedade Por Cotas No Mundo Universitário

Recebi ontem a informação do resultado da minha avaliação de desempenho na Universidade onde trabalho. Tendo obtido a classificação de excelente em todos os domínios de avaliação, com uma classificação muito acima dos valores máximos de referência, fui desclassificado administrativamente e burocraticamente através da introdução do sistema de avaliação por cotas, de excelente para relevante e de uma classificação máxima de 9 pontos do triénio foram-me retirados 3 pontos ficando com 6 dos 9 possíveis (como isto é possível?). São estas as novas práticas de gestão de recursos humanos que com certeza têm como objectivo a motivação para o trabalho docente. A minha sorte é ter aderido à nova moda científica da psicologia positiva, a nova versão do ser pobre e honrado mas feliz e ainda ter aderido também à nova moda científica da teoria da "resiliência" na sua versão mais radical e pura, uma vez que sou geneticamente resiliente. É a nova sociedade por cotas, que isto do PRR não dá para mais e é só para alguns, ou dito ainda numa versão sobejamente conhecida das hostes socialistas que nos governam (?), conforma-te, é da vida. Afixe-se, para memória da minha história profissional.

Sem comentários:

Enviar um comentário